Cuiabá, 20 de Novembro de 2018

FUNKEIRO

Sexta-feira, 09 de Novembro de 2018, 10h:45 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Após polêmica envolvendo lavagem de dinheiro, MC Gui se pronuncia ao lado da família

Funkeiro agradeceu o apoio dos fãs em seu Instagram

Revista QUEM

(Foto: Reprodução / Instagram)

Mc Gui se pronuncia após polêmica envolvendo participação em lavagem de dinheiro.

 

No começo última quinta-feira (8), MC Gui, de 19 anos, e três de seus familiares ficaram em evidência na mídia ao ser anunciado que estavam sendo investigados pela 3ª Delegacia da Polinter de São Paulo por crimes como lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e agressão.



Já ao final da tarde, o funkeiro decidiu se pronunciar em suas redes sociais para agradecer o apoio dos fãs neste momento difícil.



"Estamos aqui para agradecer a Deus, vamos curtir nossos últimos dias de férias. E agradecer todo mundo que mandou mensagem de positividade. Tudo deu certo como esperávamos, certo?", disse, no Instagram.



Em seguida, MC Gui agradeceu à polícia pelas investigações: "A gente não quis se pronunciar antes porque já sabíamos que tudo ia se encaminhar para isso, mostrar nossa inocência, e agradecer a Deus e todos que confiaram em nós e à polícia que fez todo seu trabalho", disse, completando que o incidente será superado: "Bola para a frente".

 

Entenda o caso:


Policiais cumpriram na quarta-feira (7) um mandado de busca na produtora RW, responsável por representar a carreira do músico, e encontraram diversos pinos com cocaína, além de um automóvel de luxo, uma Mercedes Benz avaliada em R$ 800 mil. "É um crime complexo que envolve agressão, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica", afirmou o delegado Osvaldo Nico, da DECADE, Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas nesta quinta-feira em conversa com QUEM Acontece.

 

Guilherme e seus pais, Cláudia Castanheira - conhecida como Claudia Baronesa - e Rogério Alves, assim como uma avó do cantor, são donos da produtora RW, e também são acusados de criar leilões falsos na internet. "É evidente a ligação dos familiares dele com a produtora e com este site de leilão. Um leilão falso, no qual a pessoa compra, deposita o dinheiro (que cai na conta de um funcionário da produtora) e depois o site sai fora do ar, lesando um monte de gente", explicou o delegado. De acordo com Nico, o funkeiro, os pais dele a avó do cantor seguem sob investigação que, segundo o delegado, começou há três meses.



Procurada por QUEM, Cláudia Castanheira, mãe de MC Gui, disse que já conversou com a polícia sobre o caso. "Hoje conversamos com a polícia e com a excelente competência da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Tudo será esclarecido. Não temos culpa de nada, mas infelizmente estamos fora do país e vamos postar uma nota de esclarecimento a todos", explicou.

 

Pelo Instagram, Gui comentou o caso. Sobre as drogas encontradas na produtora do cantor, ele fez questão de relembrar a morte do irmão, Gustavo, que em 2014 morreu em decorrência de uma overdose de cocaína: "Nunca vou me esquecer nem por um segundo que eu perdi meu irmão, primo e amigos por conta das drogas, elas só trouxeram dor e sofrimento à minha família!", disse.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br