Cuiabá, 22 de Novembro de 2019

POLÍTICA
Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h:05

FLUXO DE CAIXA

Para Botelho, Governo deve pagar pelo menos uma parte da RGA em 2020

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Reprodução/ALMT)

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), está mais otimista em relação às contas do Governo do Estado para o ano que vem. O desequilíbrio fiscal marcou o primeiro ano do governo de Mauro Mendes (DEM), que não conseguiu pagar nem 1% da Revisão Geral Anual, a RGA.

Para Botelho, com os recursos que Mato Grosso deve receber até o final, a projeção é 2020 venha com mais tranquilidade, permitindo algum fôlego à administração estadual.

Em entrevista esta semana, ele falou sobre os futuros recursos que devem chegar, como o Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), que não é pago desde 2018, e a porcentagem aos estados do leilão do Pré-Sal, que ocorre em 7 de novembro e deve render mais de R$ 600 milhões a Mato Grosso.

“Precisamos contar ainda com o FEX e o dinheiro do Pré-Sal, além dos grandes (empresários e produtores) que ficam devendo muito ao Estado. O problema é o custo do Governo. Não consegue sair de um buraco desse de uma hora pra outra”, avaliou.

Ele acredita que, em 2020, seja possível pagar a RGA. “Estamos trabalhando, com a equipe do Governo, para que ano que vem já consiga pagar alguma coisa. Vai pagar tudo? Não, não consegue pagar. Mas um percentual disso com certeza vai conseguir pagar para os servidores. Essa é nossa luta. Temos que ter paciência”.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE