Cuiabá, 21 de Fevereiro de 2019

POLÍTICA
Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2018, 20h:32

MINHA CASA MINHA VIDA II

MPF firma TAC com construtora e prazo de entrega de casas é até maio

Da Redação

A Construtora Nogueira Eireli assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), com prazo de 120 dias, para entregaterá até o final do mês de maio deste ano, as obras do programa Minha Casa Minha Vida II, em Nova Xavantina, em Mato Grosso (distante 560 Km de Cuiabá). 

 

O compromisso foi assumido pela empresa em reunião com o Ministério Público Federal (MPF/MT), no último dia 19, em Barra do Garças. O prazo para a entrega do residencial passa a contar a partir do dia 1º de fevereiro. A reunião foi coordenada pelo procurador da República Guilherme Fernandes Ferreira Tavares.

 

Esta é a terceira vez que a empresa solicita prorrogação no prazo para a conclusão das obras. A primeira foi realizada em abril de 2017, quando a construtora informou que seriam necessários mais 120 dias para término e entrega das residências. 

 

Posteriormente, em agosto do mesmo ano, a empresa se manifestou novamente afirmando serem necessários mais 90 dias para a conclusão, contudo, após passado o prazo, não houve mais manifestações.

 

Considerando que já havia um inquérito civil instaurado no MPF/MT para apurar indícios de supostas irregularidades na execução do programa Minha Casa, Minha Vida II - sub 50, em Nova Xavantina, o procurador acionou os representantes da empresa para firmar o compromisso de ajustamento de conduta.

 

O descumprimento parcial ou integral do compromisso assumido acarretará no pagamento de multa no valor de R$ 1.000,00 por dia de atraso, além das demais responsabilidades legais cabíveis. A multa deverá ser paga no prazo de 15 dias, contados da data da ciência da notificação expedida pela Procuradoria da República, por meio eletrônico. 

 

Ao final serão acrescidos juros de mora de 1% ao mês, sem prejuízo da correção monetária. O pagamento da multa será feito mediante depósito em favor do Fundo Federal de Defesa dos Direitos Difusos. (Com informações do MPF-MT)

Reprodução / Internet

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE