Cuiabá, 24 de Setembro de 2018

NA PRAINHA

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2018, 09h:31 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Justiça determina fiança para suspeitos de atropelarem mulheres após racha

Da Redação

Foto: Reprodução

presos por racha na prainha

 

Dois motoristas suspeitos de atropelarem três mulheres na Avenida da Prainha, em Cuiabá, no sábado (24), passaram por audiência de custódia no domingo (25). Foram considerados responsáveis pelo atropelamento. A Justiça arbitrou fiança de 30 salários mínimos e os encaminhou ao Centro de Custódia da Capital.

 

Na audiência, a juíza Maria Rosi de Meira Borba, da 8ª Vara Criminal de Cuiabá, suspendeu o direito de dirigir de Stênio Rodrigo Ricci, de 39 anos, e Piero Parini Júnior, de 28 anos, e determinou que eles façam curso de reciclagem.

 

Além disso, eles tiveram as carteiras de habilitação recolhidas e vão ter que pagar R$ 2.9 mil por se recusarem a fazer o teste de bafômetro.

 

De acordo com a Polícia Militar, a suspeita é de que Stênio e Piero estivessem participando de um racha. Stênio teria perdido o controle do carro e batido no ponto de ônibus, atropelando as três mulheres, de 20 anos, 66 anos e 75 anos.

 

A mulher de 20 anos teve ferimentos leves, mas as outras duas ficaram gravemente feridas e passaram por cirurgia.

 

Segundo o advogado de defesa dos jovens, Rodrigo Marinho, eles disseram que não tinham consumido bebida alcoólica e que, portanto, deveria ser responsabilizados apenas por acidente de trânsito e não pelo consumo de álcool.

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br