Cuiabá, 17 de Junho de 2019

CIDADES
Quarta-feira, 15 de Maio de 2019, 09h:03

DA ALMT

Comissão da Saúde faz visita ao Hospital de VG e diz que busca recursos do governo federal

ÚnicaNews
Com assessoria

(Foto: Helder Faria/ALMT)

O Hospital Metropolitano de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) recebeu a visita da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), na tarde dessa terça-feira (14). A unidade é referência em cirurgias bariátricas e ortopédicas e, atende pacientes regulados de toda a Baixada Cuiabana.

Durante a visita, os deputados Paulo Araújo (PP) e Dr. Gimenez (PV) conheceram as instalações do hospital, acompanhados do secretário de estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, e de técnicos da unidade e da Comissão de Saúde.

Inaugurado em 2011, o Hospital Metropolitano conta com 10 especialidades médicas e 68 leitos (10 de UTI), atende em média 250 pacientes ortopédicos e realiza 30 cirurgias bariátricas por mês, sendo a única unidade do estado a realizar esse tipo de procedimento pelo sistema Único de Saúde (SUS). O custo mensal do hospital é de cerca de R$ 4 milhões, sendo R$ 500 mil apenas com as cirurgias bariátricas.

Segundo Gilberto Figueiredo, embora a cirurgia bariátrica seja uma das principais especialidades do hospital, a unidade ainda não possui habilitação do Ministério da Saúde para esse tipo de procedimento e, por esse motivo, não recebe recursos do governo federal. O secretário, no entanto, afirmou que estão sendo feitas adequações no local para atender os critérios exigidos para a habilitação.

“Até o final desse mês, esperamos atender todos os requisitos legais necessários para pleitear junto ao Ministério da Saúde a habilitação das cirurgias bariátricas e, assim, começar a receber recursos do governo federal, o que vai possibilitar ampliar o atendimento para além das 30 cirurgias/mês programadas inicialmente”.

Apesar das demandas, o presidente da Comissão de Saúde, deputado Paulo Araújo, classificou como positiva a situação geral da unidade.

“O Hospital Metropolitano de Várzea Grande tem uma estrutura física relativamente boa e vem atingindo o objetivo de ser um hospital-referência em traumatologia e cirurgia bariátrica. Até então os procedimentos aqui realizados são pagos com recursos próprios da Secretaria de Estado de Saúde e, do ponto de vista de análise da comissão, a unidade cumpre seus requisitos e apresenta uma estrutura humanizada, vista da ótica do paciente", disse.

O parlamentar afirmou que a Assembleia Legislativa está atuando junto ao governo do estado para melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos à população. Ressaltou ainda que a Comissão está visitando diversas unidades hospitalares para conhecer suas realidades "in loco" pela ótica do paciente. No final, das visitas, os integrantes da Comissão produz relatórios técnicos, propondo soluções e alternativas para a gestaão estadual, além de ajudas para buscar formas de financiamento. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE