Cuiabá, 22 de Fevereiro de 2019

VOLTA AO MUNDO
Sexta-feira, 04 de Agosto de 2017, 10h:06

TERRORISMO

Estado Islâmico está por trás de tentativa de ataque em voo da Etihad, diz polícia australiana

Tentativa de ataque aconteceu em 15 de julho. Suspeito enviou uma bomba caseira escondida pelo irmão, que não sabia do plano

Por Reuters

(Foto: Jason Reed/ Reuters

Vice-comissário da polícia federal australiana Michael Phelan e vice-comissário da polícia de Nova Gales do Sul David Hudson, durante coletiva de imprensa, em Sydney

 

Um australiano enviou seu irmão inocente para pegar um voo da Etihad Airways no aeroporto de Sydney, carregando uma bomba caseira disfarçada de um moedor de carne, elaborado com orientações de um comandante do Estado Islâmico, disse a polícia da Austrália nesta sexta-feira (4).

 

Detalhando um dos planos militares "mais sofisticados" da Austrália, a polícia disse que dois homens, que foram acusados de infrações relacionadas ao terrorismo, também planejaram construir um dispositivo para liberar gás venenoso em uma área pública.

 

Explosivos militares de alto nível usados para elaborar a bomba foram enviados por carga área da Turquia como parte de um plano "inspirado e dirigido" pelo grupo militante Estado Islâmico, disse o vice-comissário da polícia federal australiana Michael Phelan.

 

O plano teve como alvo um voo da Etihad Airways do dia 15 de julho, mas a bomba nunca conseguiu passar pela segurança do aeroporto, disse.

 

"Este é um dos planos mais sofisticados que já foram tentados em solo australiano", disse Phelan.

 

A polícia alega que um dos dois homens indiciados na noite de quinta-feira foi apresentado ao Estado Islâmico por seu irmão, que eles disseram ser um membro graduado do grupo na Síria.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE