Cuiabá, 23 de Janeiro de 2019

POLÍCIA
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2018, 15h:19

VÁRZEA GRANDE

Preso suspeito de invadir farmácia e mulher que anunciava roupa roubada na internet

Daffiny Delgado

PM-MT

farmácia em vg

 

Um homem identificado como Junior Aparecido da Cruz, foi preso em flagrante por policiais da Força Tática na madrugada desta quarta-feira (10), após roubo em uma farmácia na esquina da Avenida Filinto Muller com a Alzira Santana, em Várzea Grande.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, os militares foram informados sobre o furto por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). O homem que estava vestido com uma camiseta vermelha, foi visto furtando o estabelecimento.

 

Ainda conforme B.O, o suspeito levou uma quantia em dinheiro. Os militares realizaram rondas nas proximidades e conseguiram localizar o criminoso em uma rua do bairro Figueirinha.

 

Durante abordagem, foi encontrado com o criminoso uma quantia de R$ 43. Diante do flagrante, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da cidade.

 

Em Cuiabá

Uma mulher acusada de anunciar peças de roupas roubadas para venda foi presa pela Polícia Civil, em Cuiabá. A suspeita E.L. S. estava em posse de roupas produto de roubo, praticado pelo seu namorado.

 

O roubo aconteceu no dia 06 de novembro, em uma loja no bairro Jardim Imperial. Durante as investigações, a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) descobriu que a jovem estava anunciando as peças nas redes sociais, em uma comunidade de nome “Desapega”.

 

Trabalhando com as informações, os investigadores identificaram a suspeita e a localizaram em posse de diversas peças de roupas roubadas da loja.

 

A jovem foi conduzida à delegacia, onde foi apresentada ao delegado Eduardo Rizzoto de Carvalho. Interrogada, a suspeita alegou ter recebido as roupas do seu namorado A.J.M.J.

 

Em continuidade as investigações, o suspeito passou pelo reconhecimento pessoal das vítimas sendo identificado como autor do roubo. Na ocasião, o suspeito invadiu a loja e após trancar a vítima no banheiro levou várias peças de roupas. (Com assessoria PJC)

 

O acusado já estava preso em razão de outro crime, cometido no mês de novembro de 2017. O caso teve grande repercussão, uma vez que além do roubo, o suspeito forçou a vítima a fazer sexo oral durante a ação criminosa. Na ocasião, o acusado foi autuado em flagrante por roubo e estupro.

 

 

A suspeita foi encaminhada para exame de corpo e delito e posteriormente para audiência de custódia.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


.LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO



VÍDEO PUBLICIDADE