Cuiabá, 21 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Terça-feira, 21 de Maio de 2019, 12h:49

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Justiça decreta prisão de empresário acusado de espancar filha de Luiz Pagot

Fernanda Nazário
Única News

Otmar de Oliveira (F5)

A juíza Ana Graziela Vaz de Campos Alves Corrêa, da Primeira Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, decretou a prisão preventiva do empresário Breno Pereira Alves. Ele é acusado de espancar, violentar sexualmente e manter em cárcere privado Vanessa Ostrowiski Pagot, filha do ex-secretário de Estado de Infraestrutura, Luiz Antonio Pagot.

Vanessa e Breno tiveram um relacionamento até o final do ano passado, mas reataram o namoro no dia 04 de maio deste ano, quando ocorreram as agressões. Eles estavam na casa de Breno, que se irritou com a parceria por ciúmes e a trancou em casa, impossibilitando ela de sair.

O mandado de prisão contra Breno foi emitido nesta segunda-feira (20) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Caso o acusado não seja encontrado, o documento tem validade por três anos. O caso está em segredo de justiça.

Breno tem 38 anos, é natural de Governador Valadares (MG) e consta contra ele outros casos de ameaça e injúria contra mulheres.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE