Cuiabá, 21 de Fevereiro de 2019

CIDADES
Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018, 20h:01

CENTRO ODONTOLÓGICO DO POVO

Paciente receberá R$ 20 mil de indenização por ter paralisia facial

Da Redação

Ilustrativa

cop

 

Uma extração de dente que resultou na paralisia facial de uma paciente identificado como V. A. M., resultou na condenação da Clínica Centro Odontológico do Povo Ltda. A decisão foi da Quarta Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), que determinou o pagamento de R$ 20 mil a título de indenização por danos morais.

 

Conforme o processo, a paciente realizou o procedimento na clínica em 2004. Após a extração, o paciente continuou a sentir dormência na boca após a extração.

 

Dias depois, a dormência persistiu. A equipe de dentistas da clínica foi procurada pelo paciente sobre o acontecido, e ele foi informado que a recuperação dele estava correndo dentro da normalidade.

 

No entanto, o procedimento deixou sequelas, ele sofreu uma parestesia, que é a perda da sensibilidade no lábio inferior e também no queixo do lado esquerdo. Hoje apresenta limitações de seus movimentos bucais.

 

Para o relator do caso, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho, entendeu que o valor definido era insuficiente diante dos danos causados ao paciente.

 

“Sem dúvida nenhuma a perda irreversível da sensibilidade no lábio e queixo altera a fisiologia da pessoa, refletindo no seu bem-estar e harmonia facial, o que enseja a indenização por danos morais. A ré deve suportar as consequências da sua conduta e ser desencorajada a repetir o ato. Já o autor tem de ser compensado pela dor e constrangimento que sofreu”, disse o magistrado.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE