Cuiabá, 11 de Dezembro de 2017

VIAGEM CANCELADA

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 13h:57 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Ônibus fretado pela Azul é apreendido e passageiros cuiabanos ficam em estrada

Wellyngton Souza

(Foto: Reprodução)

PRF.jpg

 

Um ônibus contratado pela companhia Azul Linhas Aéreas Brasileiras para levar os passageiros de Brasília (BSB) até Goiânia (GO) na manhã desta quinta (7), foi apreendido pela Polícia Federal há cinco quilômetros de Anápolis (a 60 km de Goiânia). 

 

Nesta quinta, a reportagem do site recebeu uma denúncia de uma das passageiras que havia comprado via internet, o voucher de Cuiabá à Goiânia, com previsão de chegada às 7h10 [horário de Brasília].

 

Próximo de realizar o pouso no destino final, os passageiros foram informados pelo piloto da aeronave que a central de São Paulo não havia autorizado o pouso devido o tempo ruim e forte temporal no aeroporto. Com o alerta, a aeronave teve que ir até Brasília, onde a companhia aérea fretou um ônibus e um micro-ônibus para conduzir os passageiros até GO.

 

De acordo com informações da PF, foi verificado que o ônibus não possui emplacamento e nem autorização da ANTT para fazer o transporte de passageiros.

 

(Foto: Reprodução)

14183980.jpeg

 

Conforme depoimento do motorista que não teve o nome divulgado, ele havia sido contratado pela empresa para transportar passageiros de um voo que saiu de Cuiabá [às 5h40 da manhã] e deveria pousar em Goiânia, mas acabou aterrissando na capital federal, devido ao mal tempo.

 

"Apreendemos veículo que está realizando transporte irregular e foi contratado pela Azul. Encontramos diversas irregularidades, entre elas, o veículo não está emplacado, não tem autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres que regula todo transporte de passageiros e sendo assim, a empresa é responsável para dar todo suporte aos passageiros para chegar ao destino. A fiscalização junto com a PF está providenciando transporte em linhas regulares dos passageiros", disse um dos agentes da PF.

 

Alguns passageiros contrataram uma corrida pelo aplicativo Uber, já outros ficaram no posto policial aguardando por um outro coletivo.

 

“Entendemos a situação do mal tempo, mas fretar um ônibus para nós que compramos passagens aéreas foi um absurdo. Diversas pessoas perderam outras conexões, eu perdi abertura de uma conferência que iria participar. Mais um imprevisto para a nossa viagem. Antes cancelaram o nosso voo e mandaram a gente seguir viagem de ônibus. E agora o veículo foi apreendido no posto da Polícia Federal. Era só o que nos faltava mesmo”, disse a jornalista, Jéssica Moreira.

 

(Foto: Divulgação)

WhatsApp Image 2017-12-07 at 08.54.47.jpeg

 

A jornalista informou que no aeroporto, os funcionários da Azul disseram que não teriam outro voo disponível para o destino. “Eles simplesmente disseram que não poderia fazer outra coisa e que essa seria a única alternativa. Até informaram que disponibilizaria um café da manhã como forma de compensar pelo imprevisto, mas nem isso fizeram. Nunca mais pretendo voar com essa companhia e não recomendo”, desabafou.

 

A reportagem tentou contato com assessoria de imprensa, mas as ligações não foram atendidas ou retornadas.  

 

 

Veja vídeo da ação da PF:

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Novembro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br