Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2020

VOLTA AO MUNDO
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020, 09h:37

'DEMOCRACIA EM VERTIGEM'

Bolsonaro diz que documentário brasileiro indicado ao Oscar é obra de ficção

Presidente disse que não iria perder tempo assistindo ao filme. Ele classificou a obra 'Democracia em vertigem' como boa 'para quem gosta do que urubu come'.

Por Pedro Henrique Gomes, G1
Brasília

(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro classificou nesta terça-feira (14) o documentário "Democracia em vertigem como ficção e disse que a obra é boa "para quem gosta do que urubu come".

O documentário brasileiro foi indicado ao Oscar 2020 nesta segunda-feira (13) na categoria melhor documentário. O filme é dirigido pela cineasta Petra Costa e retrata a crise política e o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada nesta terça, Bolsonaro foi perguntado se tinha algum comentário sobre a indicação do filme ao prêmio mais famoso da indústria cinematográfica.

"Ficção. Para quem gosta de, para quem gosta do que urubu come, é um bom filme", respondeu Bolsonaro.

Questionado se tinha assistido o documentário, o presidente respondeu: "Eu vou perder tempo com uma porcaria dessa?". O filme de Petra Costa foi lançado em julho.

Petra Costa, de 36 anos, é mineira e assinou os documentários "Elena" (2012) e "Olmo e a gaivota" (2014), premiados respectivamente nos festivais de Brasília e do Rio. Esta é sua primeira indicação ao Oscar.

Nas redes sociais, a cineasta celebrou a indicação do documentário ao Oscar 2020. "Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes."


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE