Cuiabá, 26 de Setembro de 2020

POLÍTICA MT
Segunda-feira, 13 de Abril de 2020, 16h:01

ELEIÇÕES 2018

TRE aumenta multa contra Taques para R$ 70 mil e pede investigação por improbidade

Claryssa Amorim
Única News

Foto: (Reprodução/Web)

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) manteve a multa contra o ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB) e aumentou de R$ 68 mil para R$ 70 mil. A multa foi imposta por irregularidades nas eleições de 2018. A decisão é desta segunda-feira (13).

No processo, também tinham sidos multados a então secretária estadual de Educação, Esporte e Lazer, Angélica Kliemaschewsk e o candidato ao cargo de vice-governador, Rui Carlos Ottoni Prado.

No entanto, na decisão desta segunda-feira (13), o Pleno reduziu a multa da Angélica para R$ 35 mil e retirou a de Rui Prado. De acordo com o TRE, houve contratação irregular de servidores públicos na Secretaria de Educação três meses antes da eleição de 2018.

Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral, foram realizadas 1.030 contratações, entre nutricionistas, professores temporários, vigilantes e técnicos administrativos. Nesta segunda-feira, o Pleno anulou 500 destes contratos.

De acordo com o MP Eleitoral, qualquer tipo de contratação na administração pública, mesmo que seja por concurso público, “causa desequilíbrio ao pleito eleitoral, pois tal fato se transveste e é percebido, pelos contratados, como uma realização do governo atual”.

Por fim, a procuradora Cristina Nacimento de Melo, pediu que o Ministério Público do Estado (MPE) investigue possível improbidade administrativa.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE