Cuiabá, 05 de Abril de 2020

POLÍTICA
Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2020, 12h:53

"SEMPRE A APOIAREI"

Pré-candidato, Medeiros lamenta tentar vaga de Selma no Senado: ‘momento terrível"

Claryssa Amorim
Única News

Rodinei Crescêncio/RD News

O pré-candidato ao Senado e presidente estadual do Podemos, José Medeiros, disse que o partido lamenta ter que lançar alguém para disputar as eleições suplementares ao Senado no lugar de Selma Arruda (Podemos). No entanto, segundo ele, a ordem é seguir em frente e, por isso, foi escolhido para como candidato ao cargo.

Selma foi cassada pela Justiça Eleitoral pelos crimes de Caixa 2 e abuso de poder econômico nas eleições de 2018. Medeiros lamentou a "deselegância" de pessoas que, antes mesmo de a ex-juíza ser condenada, já estavam anunciando suas candidaturas. O parlamentar comentou que sempre apoiará a juíza aposentada, "ainda mais nesse momento terrível”.

Medeiros ainda acusou os atuais candidatos ao Senado de já terem investido, atualmente, mais do que Selma teria gastado na pré-campanha, recursos estes que levaram à cassação. Ele igualou a situação e disse que "estavam condenando, mas estão fazendo o mesmo".

“Isso é disputar herança de gente viva. Somos solidários a Selma, porque quem está passando por isso, é terrível. Eu achei extremamente deselegante várias pessoas se candidatem ao cargo, quando o processo ainda estava no TRE aqui. A senadora perdeu o cargo porque fez a pré-campanha. Não tenho dúvida de que já gastaram, nesse momento, mais do que ela naquela campanha. E falar que a Selma se desequilibrou economicamente, parece até piada”, comentou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE