Cuiabá, 30 de Março de 2020

POLÍTICA
Sábado, 21 de Dezembro de 2019, 08h:06

ELEIÇÕES 2020

Para Júlio Campos, houve descuido do DEM em não preparar sucessão em Várzea Grande

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Reprodução)

As eleições municipais de 2020 se aproximam e os partidos começam a movimentação para escolher os melhores candidatos. Cuiabá e Várzea Grande, as duas maiores cidades do Estado, são as mais visadas e vários projetos, mesmo para o interior, giram em torno daqueles que vão competir ao Palácio Alencastro e ao Paço Municipal de VG.

O Democratas, partido que voltou ao protagonismo político em 2018 com a eleição do governador, Mauro Mendes, do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, do senador Jayme Campos, além de deputados e vereadores por todo o Mato Grosso, deixou a desejar em Várzea Grande.

Pelo menos essa é a opinião do ex-governador, ex-senador e ex-deputado federal Júlio Campos, homem forte do DEM, que lamenta que o partido não tenha se organizado melhor para preparar a sucessão do mandato de Lucimar Campos, sua cunhada e também democrata, para a Prefeitura da cidade vizinha.

“Houve um certo descuido em não preparar a sucessão. Estamos chegando à eleição sem uma definição. O DEM não pode abrir mão da segunda maior cidade de Mato Grosso”, avalia.

Apesar de chegar ao período de definições sem um projeto concreto, Júlio acredita que a eleição na cidade não gere problemas, já que “a oposição está acabada lá”.

“A oposição está acabada lá. No pleito passado, ridiculamente os três candidatos fizeram 20 mil votos. Lucimar fez 77 mil. Não chegou nem a um terço. Temos alguns nomes da equipe da Lucimar que estão à altura de disputar o pleito”, afirma.

Ele cita vários nomes, como o professor Silvio Fidelis, secretário de Obras da cidade, Luiz Celso, secretário de Serviços Urbanos, Breno Guimarães, e também o vice-prefeito, José Hazama.

“Várzea Grande é mais certo de termos sucesso, por isso temos que ter candidatura própria”, concluiu.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE