Cuiabá, 04 de Julho de 2020

POLÍTICA MT
Terça-feira, 17 de Março de 2020, 08h:50

CRIME AMBIENTAL

Deputados pedem apuração do Ministério Público sobre peixes mortos no Rio Teles Pires

Euziany Teodoro
Única News

Reprodução

Os deputados estaduais apresentarão requerimento de informações e pedirão investigação do Ministério Público Estadual a respeito de toneladas de peixes mortos no Rio Teles Pires, em Sinop (a 503 km de Cuiabá), na região Norte do Estado, supostamente pela irresponsabilidade de uma usina hidrelétrica que funciona no local.

A Secretaria de Meio Ambiente informou que está investigando o caso e as medidas necessárias para mitigar o dano ambiental causado.

A mesma hidrelétrica, a Sinop Energia, já havia sido multada em R$ 50 milhões, no ano passado, por ter causado a morte de 13 toneladas de peixes no Rio Teles Pires.

A deputada Janaina Riva (MDB) pediu uma “dura apuração” do Ministério Público. “Hoje mesmo vamos apresentar requerimento de informações, em conjunto com os 24 deputados estaduais, exigindo explicação sobre essa catástrofe ambiental no Rio Teles Pires. São toneladas de peixes mortos, que merecem uma dura apuração do Ministério Público de Mato Grosso.”

Reprodução

Peixes mortos no Teles Pires

 

Os 24 deputados, juntos, encaminharão denúncia formal sobre o crime ambiental, além de cobrar qual foi a análise feita pela Secretaria de Meio Ambiente ao dar licença para funcionamento da empresa naquele local.

“Em tempos que discutimos novos caminhos para pesca, imagens como essas nos causam revolta e indignação. Não somos contra o desenvolvimento, ao emprego, mas desde que feito de forma responsável e com zelo ambiental. ISSO NÃO PODE FICAR IMPUNE!”, escreveu a deputada.

Outro que também denunciou o crime foi o deputado Lúdio Cabral (PT). “Mais peixes mortos do Tele Pires. Até quando?”, questionou na publicação de um vídeo feito por moradores de Sinop, em que são vistos centenas de peixes mortos (veja abaixo).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE