Cuiabá, 06 de Abril de 2020

POLÍTICA
Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020, 09h:47

CORRIDA A BRASÍLIA

Cresce para quatro o número de candidatos ao Senado; 16 ainda são cotados

Ana Adélia Jácomo
Única News

A disputa pelo Senado, na eleição suplementar que ocorre em Mato Grosso dia 26 de abril, já conta com quatro candidaturas oficiais: o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) e o ex-governador Júlio Campos (DEM), o deputado federal José Medeiros (Podemos) e agora, o ex-chefe do escritório de representações em Brasília, Carlos Fávaro (PSD).

candidatos senado

 Fávaro, Júlio Campos, Pivetta e Medeiros são oficialmente candidatos ao Senado

No entanto, há outros dois nomes oficializados pelos partidos, mas que ainda não se declararam efetivamente candidatos, como o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB), o deputado estadual Max Russi (PSB).

Nesta quarta-feira (26), Fávaro enviou nota oficial aos veículos de comunicação informando seu pedido de exoneração do cargo. De acordo com ele, o momento agora é de dedicação ao projeto para o Senado.

“Vou dedicar-me 100% à eleição suplementar. Vamos conversar com nossa base e aliados. Quero continuar honrando os mais de 430 mil votos que obtivemos em 2018”.

Fávaro é o terceiro colocado na disputa o Senado que ocorreu em 2018. Ele foi derrotado pela Senado Selma Arruda (Podemos), que teve o mandato cassado por caixa dois e abuso de poder econômico.

O Governo de Mato Grosso, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), entrou com uma liminar no Suprmeo Tribunal Federal (STF) para que Fávaro assuma a vaga da senadora. No entanto, o pedido ainda não foi atendido pelo Senado, nem tampouco o afastamento definitivo de Selma, que continua no cargo.

Tentam se viabilizar para a eleição: o deputado federal Neri Geller (PP), o ex-deputado estadual Adilton Sacheti (PRB), a secretária-adjunta do Procon, Gisela Simona (Pros), o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antônio Galvan.

São citados ainda o deputado federal Leonardo Albuquerque (SD); os deputados estaduais Elizeu Nascimento (DC), Lúdio Cabral (PT), Silvio Fávero (PSL); o ex-ministro Blairo Maggi (PP); o ex-senador Cidinho Santos (PL); o ex-governador Pedro Taques (PSDB), o ex-deputado federal Carlos Abicalil (PT), a empresária Margareth Buzetti (PP) e o vereador por Cuiabá, Mário Nadaf (PV).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE