Cuiabá, 13 de Agosto de 2020

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 31 de Julho de 2020, 16h:21

COMBATE À COVID-19

Toque de recolher em Cuiabá será revisto, após decisão do STF

Claryssa Amorim
Única News

Secom Cuiabá

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), anunciou na tarde desta sexta-feira (31) que o toque de recolher na capital, que funciona atualmente das 22h às 5h, pode ser revisto.

Com a decisão do Supremo Tribunal Federal, que devolveu a autonomia aos gestores municipais e suspendeu decisão judicial de quarentena coletiva obrigatória em Cuiabá, Pinheiro afirmou que, a partir da próxima segunda-feira (3), fará uma reavaliação do novo Decreto nº 8.020/2020, que regulamentou a reabertura do comércio.

“Vamos fazer o primeiro fechamento de ciclo, após sete dias, para novas avaliações, novas tomadas de decisões. Entre elas, poderá haver também a revisão do horário do toque de recolher. Sempre com todo cuidado e prezando, acima de tudo, a saúde e a vida das pessoas”, ressaltou.

Pinheiro ressaltou ainda que todas as medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao coronavírus só serão baseadas em dados técnicos do monitoramento da Covid-19 em Cuiabá.

No entanto, ele cita que nenhuma decisão será tomada sem antes haver um diálogo com cada segmento que representa as atividades na Capital.

Ele reforçou à população que tenha “tranquilidade”, pois não haverá nenhuma medida nova tomada no “afogadilho” a respeito de fechamento dos estabelecimentos econômicos.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE