Cuiabá, 31 de Outubro de 2020

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020, 11h:00

VEJA OS DADOS

Taques e Fávaro lideram pesquisa ao Senado em Cuiabá

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Gcom-MT)

O senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-governador e ex-senador Pedro Taques (SD) lideram as pesquisas para a eleição suplementar ao Senado em Cuiabá. Os dois estão na frente em dois cenários distintos, de acordo com a pesquisa Olhar Dados, já registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

No cenário estimulado, em que os nomes dos candidatos são apresentados para a fatia da população entrevistada, Pedro Taques sai na frente, com 12,3% das intenções de voto. Em seguida, aparece Fávaro, com 11,2%.

Os seguintes são: deputado Elizeu Nascimento (DC), em 3º, com 8,5%; Nilson Leitão (PSDB), em 4º, com 5,7%; Tenente Coronel Rúbia (Patriota), em 5º, com 4,7%; José Medeiros (Podemos), em 6º, com 3,5%; e por último Valdir Barranco (PT), com 2,7% das intenções de voto.

Neste cenário, 30,7% das pessoas não souberam ou não quiseram responder e 18,5% disseram que votarão em branco ou nulo.

Já no cenário espontâneo, quando a população informa em quem pretende votar, sem precisar escolher em uma lista de candidatos, quem lidera é Fávaro, que foi lembrado por 4,2% das pessoas. Em 2º lugar está Nilson Leitão, com 3%. Em 3º lugar, houve empate técnico entre Eliseu Nascimento, com 2,5%; Tenente Coronel Rúbia, com 2,3%; e Pedro Taques, com 2,3%. Valdir Barranco aparece por último, com 2% das intenções de voto.

Neste cenário, 69,8% das pessoas não souberam ou não quiseram responder e 12,0% disseram que votarão em branco ou nulo.

Rejeição

No cenário de rejeição, em que os entrevistados informam em quem não votariam, Pedro Taques também lidera, com a negativa de 16,3% das pessoas. Em segundo está Carlos Fávaro, com 5,3%; seguido por Nilson Leitão, com 4,2%; Valdir Barranco, com 3,2%; Elizeu Nascimento, com 2,5%.

O deputado federal José Medeiros tem baixíssima rejeição, segundo a pesquisa, sendo que apenas 1,5% das pessoas disseram que não votariam nele. Ele está em empate técnico com a rejeição de Reinaldo Morais (1,5%); Feliciano Azuaga (1,3%); e Coronel Fernanda Rúbia (1,0%).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE