Cuiabá, 05 de Dezembro de 2020

POLÍTICA MT
Terça-feira, 27 de Outubro de 2020, 20h:03

HORÁRIO ELEITORAL

Pinheiro foca na Educação, França nas ações para idosos e Abilio em Saúde

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Nelson Jr./Ascom/TSE)

Em nova rodada do horário eleitoral gratuito, na noite desta terça-feira (27), os candidatos à Prefeitura de Cuiabá apresentaram novos programas com foco em Educação, assistência social a idosos e Saúde. O clima foi "morno", com pouco do costumeiro ataque a adversários.

O atual prefeito e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), focou no que chamou de "revolução na Educação". Destacou os três CEICs (Cento de Educação Infantil Cuiabano) inaugurados, um programa inédito e genuinamente cuiabano. Enquanto uma creche comum atende até 80 crianças, um CEIC pode receber até 120 alunos, permitindo a ampliação no número de vagas nas creches municipais. Ele ainda prometeu fazer mais 20 unidades em um novo mandato, caso eleito.

“A meta é que pouco a pouco todas as creches da cidade se transformem em CEICs, ampliando o número de vagas. Até o final do ano vamos entregar mais 4 unidades: duas no Tijucal, uma no Residencial Paiaguás e outra no Parque Geórgia. E no próximo ano, vamos fazer mais 20 CEICs. Isso não é promessa, nós já estamos fazendo”, disse o prefeito.

Ainda em seu programa, citou outras ações, como o ‘Hora Estendida na Educação’, que ampliou o horário de saída dos alunos das unidades escolares; a implantação da ‘Matrícula Web’, que acabou com a fila na porta das escolas; o ‘Climatizar é Humanizar’, com mais ar condicionado nas salas de aula; além da primeira escola municipal em tempo integral, localizada no bairro Jardim Eldorado.

Roberto França (Patriota) falou sobre a atenção que sua gestão, entre os anos de 1997 e 2005, deu aos idosos. Citou os Centros de Convivência, que eram três em sua gestão e continuam sendo os mesmos, mas que, segundo o programa, perderam a qualidade.

Na gestão de Roberto, nós tpinhamos dois médicos e dois dentistas. Hoje nós temos um médico para atender todos os centros de convivência. É alguém que tá cuidando? Não. É uma pessoa que não tá nem aí com a gente", disse uma eleitora idosa, sobre a atual gestão.

"É lamentável e vergonhosa a situação com que os idosos estão sendo tratados pela atual administração. O meu compromisso é de que, na nossa gestão, nós vamos voltar a tratar os idosos com respeito, com admiração, com carinho, com amor que todos eles merecem", prometeu o candidato.

Abilio Jr (Podemos) falou sobre a Saúde e destacou a CPI que conseguiu emplacar na Câmara de Vereadores, que culminou na prisão do ex-secretário Huark Douglas e, posteriormente, no afastamento do atual secretário, Luiz Antonio Possas de Carvalho, por irregularidades na pasta. No programa, prometeu "abrir a caixa preta" da saúde, caso seja eleito.

"Como Vereador, fiscalizou e conheceu todo o sistema da saúde em Cuiabá. Através da CPI, que prendeu um secretário e afastou o outro, elaborou um profundo raio-x da Saúde. Abílio vai abrir a caixa preta da Saúde. Encerrando contratos e superfaturados que tiraram vidas, sufocaram e superfaturaram o sistema. É simples, é de baixo custo, é para já", diz a narrativa.

Ele também apresentou propostas para o setor. "Abílio vai implementar o Zap Saúde, com marcação de consultas e recebimentos de exames online. Vai criar um aplicativo que vai zerar a fila do SUS, acabando com o tempo de espera e as longas filas em atendimento".

Gisela Simona (PROS) mostrou imagens de um debate nas redes sociais que gravou com Abilio Jr no último domingo, onde "mostrou quem realmente tem propostas", segundo ela. "Abílio desafiou Gisela para o debate e ela mostrou quem é que tem proposta de verdade para Cuiabá", diz a narrativa.

"Em Cuiabá, hoje tem um déficit de mais de 11.500 vagas de creche na nossa cidade. Nossa primeira responsabilidade é aumentar esse número de vagas de creches, sim. Implantaremos a creche 24 horas. Queremos ter a Secretaria da Mulher, sim, mas com orçamento para que a secretaria possa realizar políticas públicas para as mulheres, uma política emancipadora, e quando digo 'emancipadora', é porque nós queremos qualificar a mulher para o mercado de trabalho", disse Gisela, durante o debate, reproduzido no programa.

Outra proposta que defendeu, na ocasião, é a ajuda para que empreendedores possam iniciar o próprio negócio. "Outra vertente é o Emprega Mais. É exatamente para que você, cidadão, que pensa em ter seu próprio negócio, mas que não tem como começar, tenha uma ajuda do poder público", disse.

Os demais candidatos - Paulo Grando (Avante), Aécio Rodrigues (PSL), Gilberto Lopes (PSOL) e Julier Sebastião (PT) - apresentaram programas repetidos, que já foram ao ar.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE