Cuiabá, 26 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Terça-feira, 13 de Outubro de 2020, 09h:12

DISPUTA PELO ALENCASTRO

Pinheiro continua liderando pesquisas após início da propaganda eleitoral

Claryssa Amorim
Única News

Assessoria

Em nova rodada de pesquisa de intenção de votos à Prefeitura de Cuiabá, o atual prefeito e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), segue na liderança e, em seguida, aparece o ex-prefeito Roberto França (Patriota).

Desta vez, a preferência dos cuiabanos foi questionada logo após o início do horário eleitoral gratuito na televisão e rádio, no dia 9 de outubro. A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 12 deste mês.

No cenário estimulado, quando uma lista de candidatos é apresentada às pessoas, Pinheiro segue com 38,7% de aprovação. Em seguida, vem Roberto França com 14,5% da intenção de votos. Em 3º lugar, aparece o vereador e candidato a prefeito, Abílio Junior (Podemos), com 13,5%.

Os outros oito candidatos aparecem com menos de 10% da intenção de votos. Veja: Gisela Simona (Pros) tem 6,6%; Julier Sebastião (PT) tem 1%; Gilberto Lopes (Psol) tem 0,3%; e Aécio Rodrigues (PSL) tem 0,2%. Paulo Grando (Novo) não apresentou numeração.

Teve ainda um número significativo de pessoas que não souberam ou preferiram não opinar, totalizando 18,6% dos entrevistados. Já 6,6% dos cuiabanos disseram que anularão o voto.

No cenário espontâneo, em que nenhum candidato é apresentado para o entrevistado, Emanuel Pinheiro também segue na frente dos adversários, com 30,3%. No entanto, quem lidera não é nenhum dos candidatos. Dos entrevistados, 38,9% não sabem ou preferiram não opinar.

Nessa modalidade, Abílio Junior aparece em 2º no ranking, com 12,5%; e Roberto França em seguida, com 9,2%; Gisela Simona com 3,5%; Julier Sebastião com 0,5% e Gilberto Lopes com 0,2%.

A pesquisa é realizada pelo Instituto Olhar Dados e foi registrada junto à Justiça Eleitoral sob a inscrição MT-06412/2020. A margem de erro é de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistas 608 pessoas nas ruas da Capital.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE