Cuiabá, 27 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020, 12h:18

HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO

Leitão diz que Senado "não é lugar para aventureiros" e Taques relembra Caravana

Da Redação
Única News

Reprodução

Em nova rodada da propaganda eleitoral, os candidatos ao Senado apresentaram novos programas, nesta sexta-feira (30.10). Nilson Leitão (PSDB) afirmou que o Senado Federal "não é lugar para aventureiros". Segundo ele, para lidar com questões delicadas como a pandemia, a crise econômica, as queimadas e as desigualdades regionais, é preciso eleger pessoas experientes que sejam capazes de conduzir, com responsabilidade, a administração pública.

O programa apresentou os dois senadores eleitos e que apoiam Leitão nestas eleições. Segundo Jayme Campos (DEM), não se pode transformar o Congresso Nacional em laboratório de experiência. Para Wellington Fagundes (PL), Nilson Leitão está preparado para ser o novo senador. Ambos foram eleitos pelo voto popular, em 2018, para os cargos de senadores da República. Nestas eleições suplementares, afirmam que, se tiverem a oportunidade de trabalhar juntos, trarão grandes conquistas para os municípios de Mato Grosso.

Já em seu programa eleitoral, o ex-governador Pedro Taques (Solidariedade) citou as 70 mil cirurgias de catarata feitas durante seu mandato como governador na Caranava da Transformação.

O postulante ao Senado diz não ter restado arrependimentos, já que fez o que foi necessário para ajudar pessoas que além de não enxergar, não eram enxergadas. "Pessoas que não enxergavam, e não eram enxergadas. 70 mil cirurgias de catarata. Eu não me arrependo. Meu nome é Pedro Taques, meu número é 777", diz o candidato.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE