Cuiabá, 02 de Março de 2021

POLÍTICA MT
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021, 18h:54

SEM AFINIDADE POLÍTICA

Gisela recebe convite de Bezerra para se filiar ao MDB, mas diz que aceita se Emanuel sair

Claryssa Amorim
Única News

Assessoria

A ex-candidata à Prefeitura de Cuiabá, Gisela Simona (PROS), recebeu o convite do presidente estadual do MDB para se filiar ao partido e se preparar para as eleições de 2022 para deputada federal. Segundo Gisela disse ao Única News, o convite partiu do próprio presidente e da deputada Janaina Riva (MDB), na última semana.  

Porém, Gisela disse que só aceita o convite se o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB), sair do partido, já que não tem afinidade política com ele. Isso porque, na eleição municipal no ano passado, depois de ser derrotada e ficar em 3º lugar, ela resolveu declarar apoio ao então candidato, ex-vereador Abílio Junior (Podemos), no 2º turno.  

“Fiquei honrada pelo convite, mas ainda não dei uma resposta. Quero aguardar o MDB definir quem realmente vai ficar ou sair do partido, como ficará a chapa deles, etc. Principalmente esperar ele [Emanuel] resolver se sair”, disparou.  

Questionada se, caso o prefeito continue no MDB, ela aceitaria o convite para começar os trabalhos políticos e formar chapa no partido para 2022, ela deu a certeza que não.  

Ela comentou que é “complicado” entrar no partido que o prefeito esteja, se ela foi grande oposição nas eleições de 2020. Ela explicou que não teria cabimento se filiar ao partido que está Emanuel, em que é contra a gestão prestada a cidade.  

“Complicado eu entrar num partido com alguém que eu fui oposição no pleito Municipal. Fui candidata porque já estava insatisfeita com a gestão da minha cidade. Ele ficando, não aceito o convite do partido”, disparou.  

Por fim, ela disse que o seu objetivo é pensar nas eleições de 2020 e formar uma chapa pura, é “essencial”.  

No entanto, ela disse que ao mesmo tempo estuda a possibilidade de ficar no Pros, pois a sua vontade inicial é continuar no partido, mas desde que consiga formar uma chapa competitiva.  

“Estou avaliando como ficará a chapa deles para ver se tem viabilidade. Como também estou trabalhando dentro do Pros para tentar formar a nossa chapa para federal. Estou conversando com várias pessoas também com a Nacional do partido para isso”, explicou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE