Cuiabá, 14 de Agosto de 2020

POLÍTICA MT
Sábado, 01 de Agosto de 2020, 17h:06

ELEIÇÕES 2020

Com Abílio para Cuiabá e Medeiros ao Senado, Podemos aposta em campanha online

Euziany Teodoro
Única News

Reprodução/Facebook

O Podemos, partido formado em 2017 e “jovem” no cenário político, ganhou espaço com a eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro, e pretende aumentar a influencia nas eleições municipais deste ano. Em Mato Grosso, excepcionalmente, também será escolhido um novo senador.

A aposta do partido em Mato Grosso é o polêmico vereador Abílio Júnior como candidato de oposição à Prefeitura de Cuiabá; e o deputado federal José Medeiros, um dos mais intransigentes defensores de Bolsonaro, à vaga de senador.

Com expressiva influência nas redes sociais, os dois candidatos contam com uma campanha online, já que o velho “corpo a corpo” está suspenso, devido à pandemia da covid-19. Mesmo motivo pelo qual as eleições foram adiadas para novembro deste ano.

O presidente estadual do partido, Niuan Ribeiro, vice-prefeito de Cuiabá, conversou com o Única News e explicou como a internet pode ajudar na campanha dos candidatos.

“A gente vê que vai ser uma campanha complicada, nesse sentido. Uma campanha com menos corpo a corpo. Nesse quesito, o Podemos leva muita vantagem. Nossos candidatos têm uma forte militância digital. O Medeiros é o deputado com mais seguidores hoje, tanto no Twitter, Facebook e Instagram. O Abílio também tem uma grande militância digital e o Podemos vem trabalhando muito forte nessa área, o que é uma vantagem na competição”, explicou.

Abílio Jr, com 34.944 seguidores no Facebook e 27,5 mil no Instagram, é conhecido pelas polêmicas na Câmara de Vereadores de Cuiabá, de onde já foi cassado e voltou por ordem da Justiça. Ele é a promessa do Podemos para oposição a Pinheiro e seu grupo político nas eleições.

“O Podemos está forte para as eleições de 2020. Temos a pré-candidatura do Abílio Júnior, vereador, em oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro. Ele saiu na última pesquisa com 17% da intenção de votos, então a gente vê com chances reais de sair vitorioso”, avaliou Niuan.

Já Medeiros é “famoso” nas redes sociais, o deputado federal com mais seguidores, que defendem seus posicionamentos de extrema direita, sempre em defesa de Jair Bolsonaro. Ele conta com o apoio de 311.289 seguidores no Facebook, 119 mil no Instagram e 115 mil seguidores no Twitter.

“O Medeiros vem muito forte para o Senado. É uma pessoa que tem se posicionado muito à direita e vemos que a onda política hoje, no Brasil, está se posicionando nesse sentido. Ele tem feito uma defesa intransigente do presidente Jair Bolsonaro e, independente de qualquer coisa, ele tem o apoio dos eleitores de Jair Bolsonaro. Nós fizemos pesquisa e está cristalizado: quando se fala de Medeiros, hoje você vê que ele é de direita, é conservador, defende a família, defende a propriedade e o eleitor hoje quer posições claras”, disse o presidente do partido.

O próprio Niuan faz parte da chapa concorrente ao Senado, como primeiro suplente de Medeiros. No entanto, ele tem planos para o futuro.

“Eu estou, por enquanto, na primeira suplência do Medeiros. Meu projeto é mais para frente, quem sabe uma candidatura para Deputado Estadual ou deputado federal. Estou na presidência estadual do Podemos e pretendo ajudar, auxiliar o Medeiros e todo o partido a se fortalecer nessas eleições, para que a gente possa alçar voos mais altos no futuro”.

Para ele, o Podemos vem ganhando espaço, o que deve se consolidar nas eleições deste ano.

“O Podemos é um partido que tem crescido muito a nível de Mato Grosso, principalmente em Cuiabá. Em 2017 não tinha nenhum vereador, nem vice-prefeito, hoje tem o vice-prefeito da Capital e tem dois vereadores. Uma candidatura para prefeito e com possibilidades reais de fazer pelo menos três vereadores. No estado de Mato Grosso não é diferente. Temos a candidatura do Jorge Yanai em Sinop, que é um grande pólo do agronegócio no norte de Mato Grosso. Em Rondonópolis, provavelmente teremos candidaturas, sim. O nome ainda não foi definido, estamos conversando com o arco de alianças de direita”, concluiu.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE