Cuiabá, 15 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 05 de Novembro de 2020, 09h:48

ESPECIAL REVISTA ÚNICA

Assistência social é destaque no Estado; Virginia Mendes fortalece a causa

Diferentes projetos têm beneficiado milhares de famílias que vivem em vulnerabilidade social em Mato Grosso

Da Redação
Única News

virginia21.jpg

 

Falta de oportunidade e de acesso a necessidades essenciais são a realidade de muitas famílias que vivem em vulnerabilidade. O que comer amanhã, o que dar para os filhos, como sustentar a casa, são algumas das inquietações que rondam milhares de famílias diariamente. Famílias estas que viram a situação piorar ainda mais por conta da pandemia. Renda comprometida e desemprego foram alguns dos reflexos do coronavírus. No entanto, num trabalho contínuo, a primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, em conjunto com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, tem desenvolvido inúmeras ações para amenizar e levar oportunidades às famílias.

Muitas ações são coordenadas diretamente pela primeira-dama, que já se tornou madrinha de vários projetos. Virginia foi inclusive agraciada com a Medalha Guardiões do Paiaguás, concedida pelo Gabinete Militar. A honraria é dada a personalidades que, de alguma forma, contribuem para o desenvolvimento do Estado. A primeira-dama se destaca pelos trabalhos sociais que lidera e desenvolve, de forma totalmente voluntária, durante esta gestão. Entre seus projetos mais recentes estão as campanhas

Vem Ser Mais Solidário e Aconchego, lançadas no início da pandemia para oferecer suporte às famílias carentes de Mato Grosso, por meio de doações de cestas básicas e cobertores, se tornando agora uma campanha de apoio permanente.

Pela campanha Vem Ser Mais Solidário, estão sendo distribuídas mais de 330 mil cestas. Por meio do programa Aconchego, são mais de 200 mil cobertores distribuídos. A realização do Bazar Vem Ser Mais Solidário e a implantação da carteirinha do autista também são destaques. Além disso, a entrega da Delegacia 24 horas da Mulher, após mais de 10 anos de espera, foi um dos principais destaques neste segundo semestre de 2020.    

 

Conheça alguns dos projetos desenvolvidos Vem ser mais Solidário   Liderada pela primeira-dama Virginia Mendes, a campanha tem feito a diferença na vida de famílias carentes em Mato Grosso. A entrega de alimentos e kits de limpeza, principalmente durante o pico da pandemia, tem beneficiado inúmeras famílias que passam por dificuldades. São mais de 1 milhão de pessoas alcançadas em Mato Grosso. O Governo do Estado está entregando mais de 330 mil cestas e somente a primeira-dama foi a responsável por arrecadar mais de R$ 5 milhões em recursos, que foram revertidos em cestas básicas. Sensível às famílias que não têm condições de comprar comida, a primeira-dama decidiu que a ação será permanente, mesmo após o encerramento da pandemia.  

Aconchego  

A campanha Aconchego objetiva a distribuição de cobertores, beneficiando as pessoas em situação extrema de vulnerabilidade social. No ano passado, em todo o Estado, foram distribuídos mais de 100 mil cobertores para os 141 municípios do Estado. Neste ano, diversas comunidades já foram contempladas com a ação e o programa foi ampliado para 200 mil cobertores, que já ajudaram os 141 municípios, entidades filantrópicas, comunidades indígenas.  

virginia40.jpg

 

virginia19.jpg

 

 

Bazar solidário  

Desde que foi primeira-dama de Cuiabá, Virginia encabeçou a realização de bazar solidário no intuito de arrecadar fundos para ajudar projetos sociais. Um deles, já como primeira-dama do Estado, foi realizado no início do mês de outubro. A ação foi um sucesso, era para ter durado quatro dias, mas todas as 8 mil peças foram vendidas em três dias. Entre as peças, centenas delas eram do acervo pessoal da primeira-dama e também doação de marcas e estilistas famosos, como Martha Medeiros, Cavalli, Prada, Gucci, Armani, Lolitta, Patricia Bonaldi, Fabiana Milazzo, Ricardo Almeida, Glória Coelho, Calvin Klein, entre outras marcas nacionais e internacionais. A primeira-dama mobilizou centenas de pessoas, que doaram as peças e muitas lojas foram parceiras, como por exemplo: Edition Store, Miranda Castro Joalheria, 2 Am Brand, Bruba Kids, Óticas Bamboo Brasil, Voriques Ótica Cleuzete Bernardes, Casa Prado, Soul Teen, Passagiata. Toda a renda do bazar é utilizada em prol de projetos sociais apoiados pela primeira-dama. SORTEIO – Quem comprou no bazar teve a oportunidade de concorrer a vários prêmios doados pelos parceiros da primeira-dama. O sorteio aconteceu após o encerramento do evento e, entre os prêmios, tinha uma jóia, doada pela joalheria Miranda Castro, dois procedimentos de estética doados pela clínica La Renovence e sessões de massagem doadas pela esteticista Gracielle Carvalho.  

virginia4.jpg

 

virginia3.jpg

 

SER Família  

Um dos carros-chefes da primeira-dama e que vai impactar diretamente na vida de mato-grossenses é o programa SER Família, um programa de transferência de renda direta para auxílio de famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas. O programa é uma reformulação da Lei 10.523, do antigo Programa Pró-Família. A nova Lei nº 569/2020 foi aprovada e sancionada pelo governador Mauro Mendes. Entre as mudanças e melhorias, estão a ampliação da utilização do benefício, que continuará sendo depositado em um cartão, para a compra de outros gêneros de primeira necessidade, tais como medicamentos, material escolar, itens de vestuário. A aquisição de alimentos continua sendo uma prioridade do programa. O novo SER Família traz ainda a criação dos programas ‘SER Idoso’, com a transferência de até 2 UPFs à compra exclusiva de medicamentos aos idosos mais vulneráveis. O ‘SER Criança’, com o valor de até 2 UPFs voltado às mães carentes, que poderão usar o recurso para a compra de itens de vestuário, alimentos e materiais escolares. O ‘SER Inclusivo’ voltado ao público das pessoas com algum tipo de deficiência. E o ‘SER Mulher’, que vai garantir o pagamento de um auxílio às mulheres vítimas de violência doméstica, por meio de aporte financeiro de até um salário mínimo exclusivo para o pagamento de aluguel, por um período máximo de seis meses.   “São ajustes e melhorias que eu tratei com o deputado estadual Max Russi, autor da lei original do programa e que tem sido um grande parceiro na busca pela inclusão social das pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social. Vamos revolucionar Mato Grosso e mudar a realidade de milhares de pessoas por meio deste programa social”, destacou Virginia Mendes. A seleção das famílias beneficiárias será feita por uma equipe de profissionais definidos em regulamento próprio pelo Comitê Gestor Estadual, que comprovará a situação de vulnerabilidade dos beneficiários e ficará a cargo da Secretaria de Estado de Assistência Social, assim como a fiscalização, monitoramento do programa e a capacitação dos gestores nos municípios.  

virginia18.jpg

 

virginia15.jpg

 

Infância Feliz

Outro projeto realizado pela primeira-dama foi o Infância Feliz, que integra o programa Ser Criança e tem como foco atender crianças carentes na data comemorativa do Dia das Crianças. Mais de 6 mil crianças carentes de municípios do interior, de Cuiabá e também de aldeias indígenas receberam brinquedos entre Barbies, Baby Alive, super-heróis, bolas e jogos. Entre elas, filhas dos trabalhadores dos aterros sanitário de Cuiabá e Várzea Grande. Na terra indígena Sangradouro, entre os municípios de Primavera do Leste e Barra do Garças, mais de 500 crianças da etnia Xavante receberam brinquedos.   O cacique Alexandre Tsereptsé explicou que foi a primeira vez que uma primeira-dama esteve na aldeia. “É a primeira vez que recebemos uma primeira-dama, a esposa do governador. Estamos todos contentes por receber a equipe do Governo do Estado e ainda propiciar esse sentimento de alegria às crianças da aldeia, com brinquedos”.   “É com muita satisfação que visito pessoalmente a aldeia indígena de Sangradouro para conhecer a realidades dessas pessoas. Preparamos um dia especial para as crianças com a distribuição de brinquedos e doces. Como madrinha dos Xavante faço questão de estar próxima da comunidade e ajudá-los com estas ações. Quero agradecer todo o carinho e acolhida, os presentes, sou sempre muito bem recebida e vou voltar mais vezes, com certeza”, disse a primeira-dama.    

 

Ser Criança  

Além de beneficiar crianças carentes em datas comemorativas e do cartão com transferência de renda para mães chefes de família com crianças em situação de vulnerabilidade social. A primeira-dama também está estruturando espaços físicos adequados com acesso a aulas de reforço, desenvolvimento cognitivo, esportes, música, artes e tudo o que possa melhorar o desenvolvimento infantil. A primeira unidade será no interior, na cidade de Poconé, e depois o SER Criança expandirá para demais cidades.   “Estas são apenas algumas das ações e posso garantir que tem muito mais ainda por vir. Cuidar das crianças é investir no futuro e estamos priorizando isso nesta gestão”, finalizou Virginia Mendes.    

Carteira do Autista  

A inclusão social de pessoas com algum tipo de deficiência também é uma das prioridades da primeira-dama Virginia Mendes. Recentemente, a comunidade autista foi contemplada com a implantação da carteira de identificação do autista. Madrinha da causa, Virginia relembrou que a carteirinha foi uma das primeiras demandas que recebeu dos pais e das associações que atendem pessoas com autismo.   O trabalho de emissão é realizado por intermédio da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), de forma gratuita, em Cuiabá. E, no interior, nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). O prazo para a confecção é de até 30 dias.   O documento tem validade estadual e nacional e facilita o acesso a lugares públicos e privados de forma prioritária para pessoas diagnosticadas com autismo.   Enã Rezende, que tem autismo, superou as barreiras do preconceito e do transtorno e hoje em dia é médico. Relatou que a formação de filas em ambientes fechados ou aglomerações é algo que incomoda muito e que o documento auxiliará no acesso aos lugares de maneira mais tranquila.   “Este é um grande passo na luta pela inclusão em nosso país. Há situações em que passamos muito tempo em filas e isso causa muito incômodo para a gente, podendo desencadear uma crise sensorial, hipersensibilidade ao som e toque, que muitos autistas apresentam”, explicou.   A lei de nº 10.997 que prevê a emissão e distribuição desta carteira é de autoria do deputado estadual Sebastião Rezende.  

Defesa da mulher é uma das marcas  

Entre as principais bandeiras da primeira-dama está a defesa da mulher. Por isso, esteve à frente da criação da Delegacia 24 horas da Mulher. O local era um anseio de mais de 10 anos, já que muitas vítimas não tinham um local especializado para procurar ajuda nos fins de semana e durante a noite, períodos em que mais ocorrem casos de violência contra mulher. A delegacia foi inaugurada no dia 8 de setembro. Já no primeiro mês, registrou mais de 1.100 atendimentos, sendo um total de 338 medidas protetivas, 324 boletins de ocorrência, 310 atendimentos psicossociais e 150 prisões em flagrante.  

Virginia Mendes, responsável direta pela efetivação e implantação da unidade, destacou que os números mostram que as mulheres têm buscado cada vez mais apoio para denunciar os casos de violência doméstica e sexual.   A unidade conta com salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, salas de atendimento para as equipes que atuam no local, além de uma brinquedoteca e playground para crianças. Virginia foi responsável por mobilizar diversos parceiros, empresários, amigos e voluntários na arrecadação de mais de R$ 200 mil em recursos e doações, utilizados para reforma e adequação da estrutura completa.   O Plantão 24 horas da Mulher está instalado no bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital. A equipe do plantão é formada por cinco delegadas e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas.  

“Com um espaço exclusivo para as mulheres, acolhedor e totalmente estruturado, com uma equipe especializada, a Delegacia 24 horas da Mulher cumpre com o seu papel. Os dados só comprovam que as mulheres têm se empoderado mais e buscado ajuda, denunciando os crimes e violações de direito. É para isso que tanto lutei para que essa Delegacia saísse do papel e pudesse ser o que é hoje, essa referência no combate à violência contra a mulher”, destacou Virginia Mendes.

virginia14.jpg

 

virginia11.jpg

 

Galeria de fotos:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE