Cuiabá, 26 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 15h:42

"DESPREPARADO"

Após ataque de Abilio a jornalistas, Pinheiro emite nota de repúdio e pede respeito

Claryssa Amorim
Única News

Reprodução

O prefeito e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), emitiu nota de repúdio contra seu adversário, candidato Abilio Junior (Podemos), por ter atacado jornalistas durante entrevista antes do debate na noite dessa terça-feira (24), na Fecomércio.

Em vídeo, é possível ver o momento da discussão entre o jornalista do jornal A Gazeta, Pablo Rodrigo, e Abilio Jr. A discussão começou quando o jornalista o questionou sobre o apoio de políticos antigos e condenados. Sem nem mesmo esperar o profissional terminar a pergunta, Abilio começou a discutir.

A situação foi filmada por outros jornalistas que acompanham a coletiva. Depois do debate, Abilio aceitou falar novamente com a imprensa e disse que, naquele momento, estava nervoso por “ataques” contra a imagem e nome de seu avô, pastor Sebastião, ex-presidente da Assembleia de Deus, que morreu vítima da covid-19.

Nesta segunda etapa de entrevistas, ele acabou pedindo desculpas e reconheceu que não precisava de ter tomado a atitude agressiva contra os jornalistas.

Na nota, Emanuel Pinheiro repudiou a forma como o adversário tratou os jornalistas, com “grosserias e atos desrespeitosos”.

Para ele, Abilio estava completamente “descontrolado” por causa das perguntas, em que foi questionado sobre os financiadores de sua campanha.

"Se eleito, piora. O homem público, um gestor do executivo tem que primar pelo equilíbrio, pelo respeito, pela convergência. agredir o jornalista é agredir a liberdade da imprensa, liberdade da informação. Tal atitude é um tapa na cara da democracia. Esse é ele de verdade. É o perfil dele e não vai mudar", disse o prefeito.

Leia a nota na íntegra:

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel pinheiro (MDB) repudia mais um violento ataque à imprensa partindo do candidato opositor, Abílio Jr (Podemos). Desta vez, foram alvos das grosserias e atos desrespeitosos os jornalistas Pablo Rodrigo (A Gazeta) e Max Aguiar (Olhar Direto).

Completamente descontrolado por causa das perguntas sobre quem banca a campanha dele e sobre seus aliados, o candidato opositor decidiu agredir os profissionais que estavam cumprindo o papel da imprensa que é: investigar, questionar, buscar informações para transmitir para a sociedade.

"Se eleito piora. O homem público, um gestor do executivo tem que primar pelo equilíbrio, pelo respeito, pela convergência. agredir o jornalista é agredir a liberdade da imprensa, liberdade da informação. Tal atitude é um tapa na cara da democracia. Esse é ele de verdade. É o perfil dele e não vai mudar", repudiou o prefeito da Capital.

Por fim, lembra que sempre manteve uma relação de respeito com a imprensa. As atitudes só evidenciam a verdadeira face do Abílio: a personificação do desequilíbrio e inabilidade no enfrentamento à mínimas adversidades.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE