Cuiabá, 09 de Agosto de 2020

POLÍCIA
Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, 10h:46

DENTRO DA CADEIA

Jornalista é alvo de novo mandado de prisão por crimes sexuais

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Reprodução/Olhar Direto)

Um segundo mandado de prisão preventiva contra o jornalista Leonardo Heitor, de 38 anos, foi cumprido na noite dessa quarta-feira (4), em Cuiabá. Ele está sendo investigado pelos crimes de estupro, assédio, importunação sexual e ameaça após usar perfis falsos no WhatsApp para assediar várias colegas do meio de trabalho.

O mandado foi cumprido no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), o Carumbé, onde Leonardo está preso. Ele foi preso por descumprimento de medida protetiva a uma das vítimas.

O jornalista era assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e foi preso no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), quando chegava de uma viagem a Salvador, no dia 25 de novembro.

Segundo a delegada que preside os cinco inquéritos contra Leonardo, Nubya Beatriz Gomes, todos os casos investigados são “gravíssimos” e esclarece que a polícia não baseia apenas nas declarações das vítimas, mesmo com “grande credibilidade”.

“Há um vasto conjunto de informações nos autos, principalmente depoimentos de testemunhas que ratificaram grande parte do narrado pelas vítimas”, disse a delegada.

Já foram registrados contra o jornalista, dez boletins de ocorrências de mulheres que relataram ser vítima de algum dos crimes contra a dignidade sexual.

Inquéritos

Na última sexta-feira (29.11), a Polícia Civil concluiu cinco inquéritos e indiciou Heitor por estupro, importunação sexual, ameaça, gravação não autorizada da intimidade sexual e descumprimento de medida protetiva de urgência.

Os inquéritos devem ser encaminhados ao Ministério Público do Estado (MPE) para análise da possibilidade de oferecer denúncias.

Ele está sendo investigado na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE