Cuiabá, 25 de Setembro de 2020

POLÍCIA
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020, 16h:23

MONSTRO

Homem é preso por espancar e manter namorada grávida em cárcere privado

Da Redação
Única News

(Foto:Reprodução)

Um homem de 23 anos que não teve seu nome divulgado, foi preso por lesão corporal, sequestro e cárcere privado, nessa segunda-feira (10), no bairro São José, em Cuiabá. O suspeito agrediu e manteve sua namorada grávida trancada em casa desde a última quarta-feira (4), ao descobrir que ela iria a Brasília para visitar seus pais.

De acordo com o boletim de ocorrência a vítima chegou até a Base do 9º Batalhão da PM após fugir da residência em que era mantida refém pelo namorado. A mulher contou aos policiais que o homem a trancou na residência na quarta-feira (4), depois que ela foi ao aeroporto verificar passagens para visitar a família em Brasília, Distrito Federal.

Segundo a vítima, quando retornou para casa e o namorado soube que ela iria viajar para visitar os pais, o suspeito passou a agredi-la com socos no rosto que ocasionaram hematomas que foram constatados no olho da vítima.

No relato a mulher ainda contou que depois o suspeito a trancou no quarto, ele tomou seu celular e não a deixava sair para nada.

Quando nessa madrugada, o homem a deu um empurrão, a enforcou até ela perder os sentidos com tantos tapas, puxões de cabelo acompanhados de chutes.

Ao acordar, eles discutiram por causa do celular e a vítima conseguiu sair correndo da casa e pediu ajuda de pessoas que transitavam em uma avenida.

A vítima confirmou a polícia que está grávida e que há cerca de cinco meses está em Cuiabá, que veio a trabalho e que há três meses conheceu o suspeito.

Diante das informações, os policiais foram até a residência apontada pela vítima e prenderam o suspeito, que foi entregue à delegacia para as devidas providências.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE