Cuiabá, 25 de Outubro de 2020

POLÍCIA
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020, 08h:13

EM CUIABÁ

Funcionário da Energisa mata ex-mulher em lanchonete e tira a própria vida horas depois

Única News
Da Redação

Foto: Reprodução

Vanessa Gonçalves da Silva Santana, de 30 anos, foi morta a tiros pelo ex-marido, no final da tarde desse domingo (20), no seu local de trabalho, uma lanchonete localizada no CPA 4, em Cuiabá. Ela foi atingida por quatro tiros e morreu antes do socorro chegar.

O ex-marido foi identificado como Erinaldo Rozendo da Costa, de 35 anos, ele fugiu logo após o crime e foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (21). Erinaldo, mais conhecido como Naldinho, era funcionário da Energisa.

De acordo com a Polícia Militar, o crime foi registrado por volta das 18h40. Vanessa estava no trabalho, uma lanchonete na rua Tuiuiú, quando foi surpreendida pelo ex-marido. Os dois começaram a discutir, quando Erinaldo puxou Vanessa pelos cabelos até o lado de fora da lanchonete, sacou uma arma e atirou ao menos 4 vezes contra ela, que caiu ferida na calçada.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte de Vanessa ainda no local. Erinaldo fugiu

(Foto: Reprodução)

homem morto

 Erinaldo foi encontrado morto horas depois 

em uma motocicleta e estava sendo procurado até a manhã desta segunda. 

Ainda segundo a PM, Erinaldo foi encontrado morto em um matagal, no Residencial Ana Maria, região do bairro Nova Conquista, na Capital. A moto que ele usou na fuga estava próximo de onde o corpo foi encontrado. Erinaldo deu um tiro na própria cabeça.

Vanessa que era recém formada em direito, deixa duas filhas. A Polícia Civil deve investigar o caso.

 

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE