Cuiabá, 27 de Fevereiro de 2020

POLÍCIA
Quarta-feira, 08 de Janeiro de 2020, 17h:56

CASO MARCELO FERRAZ

Acusado de matar jornalista a pedradas e pauladas é solto por determinação da Justiça

Elloise Guedes
Da Redação

(Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto)

Jonh Lennon da Silva, de 21 anos, que foi preso após confessar ter matado o jornalista Marcelo Ferraz, em Cuiabá, em setembro do ano passado, foi solto nessa terça-feira (7) por determinação do juiz 12ª Vara Criminal, Flávio Miraglia.

O juiz marcou a audiência de instrução para o dia 13 de março, às 14h. John Lennon foi preso na noite de 1º de outubro e confessou o crime.

O magistrado concedeu o habeas corpus e justificou a soltura, segundo ele, por "não haver fundamentação concreta e individualizada do réu com o crime, mesmo ele ter confessado o assassinato".

Os policiais identificaram o suspeito depois que receberam informações de testemunhas. Essas pessoas teriam ouvido Jonh Lennon confessar que havia matado o jornalista.

O caso

Após ficar dois dias desaparecido, o jornalista Marcelo Leite Ferraz foi encontrado morto em um terreno baldio, no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, no dia 30 de setembro.

O exame de necropsia apontou que ele morreu em decorrência de traumatismo craniano. Ele foi morto a pedradas e pauladas.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE