Cuiabá, 22 de Setembro de 2020

COVID EM MT
Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 18h:29

DADOS DE MONITORAMENTO

Principal comorbidade de pacientes da Covid-19 em Cuiabá é a hipertensão

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Tchélo Figueiredo)

O Informe Epidemiológico sobre a Covid-19 em Cuiabá, revelou que a principal comorbidade apresentada pelas vítimas fatais em decorrência do coronavírus na capital é a hipertensão arterial. Os dados são referentes desde a primeira notificação do caso da doença, em 14 de março, até 8 de agosto.

No entanto, o informe destaca que metade dos residentes da Capital com Covid-19, não apresentou comorbidades, cerca de 47,5%.

Das 7.236 pessoas que informaram comorbidades, sejam elas isoladas ou associadas, foram registradas 1.570 com hipertensão arterial. Já atrás, vêm os com diabetes mellitus (1.098), doença cardiovascular crônica (521), obesidade (229), doença pulmonar crônica (189), doença renal crônica (139) e neoplasia (49).

E os assintomáticos – que não apresentam sintomas -, aparecem nos dados com porcentagem maior que os sintomáticos – que apresentam sintomas. Segundo o Informe da Prefeitura de Cuiabá, cerca de 11% dos casos de Cocid-19 de residentes foram assintomáticos.

Entre os 12.224 sintomáticos, os principais sintomas relatados foram tosse (3.608), febre (3.142), dor de garganta (2.356), perda do paladar (1.710), perda do olfato (1.690), cefaléia/dor de cabeça (1.558), diarreia (1.291), desconforto respiratório (1.265), dispneia (1.047), coriza (967), mialgia (822), dor no corpo (659) e vômito (384).

Já sobre os casos de residentes confirmados de Covid-19 em Cuiabá, um pouco mais da metade foi do sexo feminino, afetando 53,4%, sendo 13.779 pessoas. Destes, a idade média foi de 42 anos.

A Secretaria de Saúde de Cuiabá publica semanalmente o Informe Epidemiológico com a ajuda de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O objetivo é monitorar o padrão de morbidade e mortalidade, descrevendo as características clínicas dos casos em residentes de Cuiabá.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE