Cuiabá, 22 de Setembro de 2020

CIDADES
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020, 11h:55

EDUCAÇÃO ESPECIAL

Referência de educação inclusiva, Cuiabá atende 1.200 alunos com deficiência

Com Assessoria
Única News

(Foto: Jorge Pinho)

Considerada uma referência, a Educação Especial em Cuiabá, segue a proposta da gestão Emanuel Pinheiro, e prioriza a humanização e a inclusão, dentro da política educacional do Município – a Escola Cuiabana.

Tema do primeiro webnário realizado no último dia 6 de agosto, o evento reuniu profissionais, pais e especialistas para discutir, dentro da perspectiva da educação inclusiva, a prática e as estratégias para garantir o direito à aprendizagem das crianças com deficiência, nesses tempos de isolamento social provocado pela pandemia.

Com a suspensão das atividades presenciais nas unidades educacionais, as atividades pedagógicas para os alunos com deficiência, assim como para os demais alunos, estão acontecendo por meio da educação à distância. Os professores das salas multifuncionais fazem a adaptação das atividades pedagógicas que são encaminhadas para os professores referência pelos coordenadores escolares. E os pais, recebem as orientações para que possam trabalhar o material com os filhos.

Com as medidas de isolamento social, além das aulas presenciais, estão suspensos os atendimentos domiciliares e a Equoterapia, mas a conexão entre professores, alunos e pais, permanece.

Educação inclusiva

O Município atende 1.200 estudantes com deficiência, matriculados nas 164 unidades educacionais da rede. São alunos com deficiência auditiva, visual, Transtornos do Espectro Autista (TDA), Síndrome de Down, deficiências múltiplas, física, intelectual e mental, microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia, Atraso do Desenvolvimento Neuropsicomotor e Transtornos do Déficit de Atenção (TDH).

Do total de alunos matriculados, em tempos normais, as atividades presenciais nas unidades educacionais de 816 alunos que necessitam, contam com o apoio de 460 cuidadores (CADs). A rede possui ainda oito profissionais contratados como intérpretes de libras e 12 instrutores para surdos.

A rede pública municipal de Educação dispõe ainda de atendimento domiciliar para os alunos que, em razão da sua patologia, não podem frequentar os ambientes escolares. Também é feito o atendimento aos alunos internados por meio de convênios com instituições da rede de saúde pública.

Nas escolas, os alunos com deficiência frequentam as salas de aula e recebem apoio em salas multifuncionais. A coordenadora de Educação Especial, Magna Maria de Barros explicou que a rede dispõe de 64 salas de recursos multifuncionais onde os alunos são atendidos por professores especialistas, no contraturno escolar, como estratégia complementar do atendimento educacional especializado.

Outro projeto, o “Seja Especial para Alguém Especial”, oferece a Equoterapia. No total, 164 estudantes com deficiência recebem o atendimento terapêutico após indicação médica e o compromisso assumido pela família, de garantir a presença do seu filho.

Na Secretaria Municipal de Educação uma equipe formada por fonoaudiólogos, psicólogos e assessores pedagógicos identificam, acompanham e avaliam os estudantes.

Alimentação

A alimentação escolar também faz parte das ações implementadas pela gestão. Por meio da Rede de Alimentação Escolar da Prefeitura de Cuiabá os alunos com deficiência recebem os alimentos adequados a sua necessidade, com cardápios individualizados.

O cardápio especial é preparado o mais próximo possível do cardápio padrão e, dependendo da patologia, é feita a substituição por um produto mais adequado, todos de alta qualidade. O cardápio só é alterado com autorização da Nutricionista e os pais recebem orientação em relação às crianças que necessitem de um cuidado especial complementar em casa.

Mais de 400 alunos, de 0 a 14 anos, que possuem algum tipo de restrição alimentar, são atendidos.

Desafio

“A educação inclusiva é um grande desafio e, nesse sentido a Coordenadoria Técnica de Ensino desenvolve projetos de formação continuada para os profissionais que atuam no espaço escolar e na sede da Secretaria de Educação, inclusive com momentos formativos voltados para o nosso contexto atual, de isolamento social”, destacou a coordenadora técnica de Ensino, Zileide Lucinda dos Santos, lembrando a realização do Seminário da Educação Básica e do webnário temático voltado ao tema.

A diretora de gestão Educacional, Mabel Strobel, ressaltou que a consolidação da Política Educacional - Escola Cuiabana -, é fundamental para o avanço da Educação Especial no Município. “A gestão Emanuel Pinheiro investe massivamente na formação continuada dos profissionais que estão diretamente envolvidos com os alunos como os Cuidadores de Alunos com Deficiência (CADs), Professores das Salas de Recursos Multifuncionais e Referência, Intérpretes, Instrutores, Pedagogos, Psicólogos e Fonoaudiólogos. Outro fator que diferencia a rede é a estruturação cada vez maior das nossas escolas, o que vem acontecendo fortemente nos últimos anos. E, com a Escola Cuiabana estamos fortalecendo a proposta da educação inclusiva e humanizada”, salientou a diretora de gestão Educacional, Mabel Strobel.

 

*Uso de imagem autorizada pela mãe da criança


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE