Cuiabá, 14 de Agosto de 2020

CIDADES
Sábado, 01 de Agosto de 2020, 18h:35

BOLETIM ATUALIZADO

Mato Grosso registra 34 mortes em 24 horas e ocupação de UTIs está em 88,52%

(Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou, até a tarde deste sábado (1º), 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.876 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 34 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 1.073 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.339 estão em monitoramento e 32.936 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 329 internações em UTIs públicas e 300 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,52% para UTIs adulto e em 33,94% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (11.686), Várzea Grande (4.204), Rondonópolis (3.290), Lucas do Rio Verde (2.860), Tangará da Serra (2.322), Sorriso (2.114), Sinop (2.077), Primavera do Leste (1.798), Nova Mutum (1.461) e Pontes e Lacerda (936). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 48.051 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 4.351 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Neste sábado (01), o Governo Federal confirmou 2.707.877 casos da Covid-19 no Brasil e 93.563 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 92.475 óbitos e 2.662.485 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE