Cuiabá, 27 de Maio de 2020

CIDADES
Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h:47

FAKE NEWS

Hospital e SES desmentem boataria sobre caso de coronavírus em Cuiabá

Ana Adélia Jácomo
Única News

(Foto: Reprodução)

Após a morte do empresário Anderson Sampaio Oliveira, de 44 anos, um forte boato começou a circular nas redes sociais, principalmente em grupos de WhatsApp, dando conta de que um dos sócios da Stilo Contabilidade, localizada em Várzea Grande, teria falecido por conta do novo coronavírus, o COVID-19.

A fake news (notícias falsa) se espalhou logo após a morte, ocorrida nesta quarta-feira (26). Ocorre que Anderson teve um mal súbito enquanto passava o Carnaval com a família no Malai Manso Resort. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Santa Rosa, em Cuiabá.

Assim que a morte foi confirmada, a seguinte mensagem passou a circular: “Pessoal não vão no hospital Santa Rosa, notícia interna a se confirmar q o contador que morreu supostamente de meningite é de corona vírus pois chegou recentemente da Itália e a esposa dele está internada lá tbm... Na dúvida até saírem as confirmações evitem ir lá e principalmente levarem as crianças (sic)”.

O Hospital se manifestou na noite desta quinta-feira (27) por meio de nota oficial. “Diante das recentes notícias que circulam nas redes sociais, o Hospital Santa Rosa vem a público esclarecer que não procedem as informações sobre a presença de pacientes infectados pelo coronavírus (COVID-19) em sua unidade. Até o momento nenhum caso suspeito de coronavírus foi confirmado em Cuiabá”, disse a unidade de saúde.

A Secretaria Estadual de Saúde, por meio do Centro de Operações em Emergência a Saúde Pública para o COVID-19, acompanha duas pessoas, nos municípios de Glória D’Oeste e Alto Taquari, e esclarece que imediatamente foram acionados os serviços de saúde locais para o monitoramento e a tomada de medidas que envolvem cuidados clínicos, investigação e orientações.

A orientação é de que não sejam divulgadas informações que não sejam oficiais, pois divulgar notícias falsas causa pânico e atrapalha a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Saiba como se prevenir do coronavírus:

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infeccções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus.

Entre as medidas estão:

-evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

-realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

-utilizar lenço descartável para higiene nasal;

-cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

-evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

-higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

-não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

-manter os ambientes bem ventilados;

-evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

-evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




VÍDEO PUBLICIDADE