Cuiabá, 26 de Novembro de 2020

CIDADES
Domingo, 25 de Outubro de 2020, 16h:50

SOJA DE MT

Estado está entre os cinco que mais exportaram neste ano

Abraão Ribeiro
Única News

(Foto: Divulgação)

Mato grosso é um dos cinco estados brasileiros que mais venderam para outros países de janeiro a setembro deste ano, conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O produto que lidera a exportação é a soja, que corresponde a 52% do total exportado.

Em seguida, está o milho com 14% e a pluma de algodão com 8,5%. Cerca de 40% do que o setor agropecuário vendeu para o exterior até julho foram para China. Além do grão, as vendas de carne bovina deram um grande salto nos últimos meses.

Desde janeiro, o estado exportou um volume de 23% maior. Apenas China e Hong Kong aumentaram em 150% as compras de carne bovina de Mato Grosso.

“Entre os principais motivos desse cenário, temos desde a questão do dólar, que favoreceu e oportunizou melhor esse preço, até a disputa comercial entre China e EUA, a demanda de proteína das carnes pela China e Oeste Asiático”, explicou o gestor de inteligência de mercado do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Cleiton Gauer.

Alguns setores da indústria se destacam com projeções positivas.

“Cito o setor de alimentos, como um todo, o setor de mineração, pois tem uma grande demanda mundial, e, com o câmbio favorável para exportação, as indústrias brasileiras e mato-grossenses estão aproveitando essas oportunidades para aproveitar seus volumes de exportação”, disse o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira.

O secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, explicou o quanto essas exportações em ascensão contribuem para as finanças do estado.

“Isso faz com que Mato Grosso tenha um crescimento enquanto outros estados do Brasil estão em um período de estagnação. Isso faz com que tenhamos uma renda melhor em função desses trabalhos, e com o efeito 'renda' que gera ainda mais empregos nos setores de comércio e serviços”, ressaltou Gallo.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE