Cuiabá, 12 de Julho de 2020

CIDADES
Terça-feira, 30 de Junho de 2020, 17h:37

COMBATE À COVID

Campo Verde determina toque de recolher a partir das 20h desta quarta-feira, 1

Vithória Sampaio
Única News

(Foto: Reprodução)

A partir desta quarta-feira (1) terá início o toque de recolher em Campo Verde (a 129 km de Cuiabá). Está proibida a circulação de pessoas a partir das 20h, com exceção de casos essenciais. A medida vale até o dia 08 de julho.

A decisão foi anunciada nesta terça-feira (30) após uma reunião no Comitê Municipal de Enfrentamento ao novo Coronavírus.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, a medida foi tomada devido à atual situação do Estado e na tentativa de evitar que o município precise adotar o “lockdown”.

“Tem muitos municípios no estado que já estão em lockdown e, aí, realmente é um impacto muito grande na sociedade, com muita gente prejudicada. Vai afetar realmente a todos. Nós não queremos chegar a esse nível”, pontuou.

O toque de recolher no município também implica no comércio noturno. As empresas poderão funcionar até as 20h. Caso haja descumprimento da norma, poderá sofrer sanções legais, que vão de notificação ao fechamento do estabelecimento.

“Nós queremos deixar as pessoas trabalhando, só que nós precisamos ter uma conscientização maior. As empresas podem funcionar até as 20h, porém, a partir das 20h, não mais. Tem que fechar”, disse o prefeito.

Será permitida a circulação de pessoas no horário vetado, somente para atividades essenciais. A partir das 20h fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda, servidores da Vigilância Sanitária e Polícia Militar estarão realizando a fiscalização nas ruas do município.

A recomendação feita pelo prefeito na forma de pedido, é que a população não saia de casa, não faça festas ou encontro de amigos e que evite aglomerações nos espaços públicos, como avenidas, ruas e praças.

“Se cuidem, não é hora de festinha. É hora de se cuidar, principalmente em casa com os nossos familiares”, finalizou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE