Cuiabá, 21 de Fevereiro de 2020

ARTIGOS/UNICANEWS
Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020, 16h:40

EULLER SACRAMENTO

É normal desrespeitar

Única News

Reprodução

Uma criança em frente à televisão, concentrada assistindo seu desenho favorito. Eis que surge a(o) mãe/pai e desliga a tv.

– Eu já falei para você ir tomar banho, não vou mandar de novo.
Eis que esta mesma pessoa está no seu ambiente de trabalho, seu colega precisa assinar um documento e já foi a terceira vez que foi feito o pedido, ele(a) continua na sala coletiva lendo um jornal.
—Você já assinou o documento?
—Ainda não.
— Só estamos aguardando sua assinatura, por favor.

As regras entre adultos e crianças não devem ser a mesma, no entanto os valores ensinados sim. Respeito gera Respeito, Amor gera Amor, Afeto gera Afeto, Violência gera Violência, Gritos geram Gritos e Desrespeito gera Desrespeito.

Estamos tão acostumados a desrespeitar nossas crianças que naturalizamos o desrespeito e tudo se torna “normal”:

“É normal se dirigir a uma criança aos gritos...”
“É normal tomar um brinquedo sem avisá-los que vão fazer...”
“É normal gritar com a criança, quando ela está aos prantos chorando, querendo afeto...”
“É normal desligar a televisão sem ao menos ter comunicado que faria...”
“É normal ser agressivo pelo simples fato de estar nervoso(a) e acabar transmitindo toda sua fúria na criança...”
Enfim...“É NORMAL DESRESPEITAR...”

DESRESPEITO NUNCA DEVERIA SER NATURAL

As pessoas costumam conversar umas com as outras em tom amigável...
As pessoas costumam avisar quando vai pegar algo que está com o outro...
As pessoas quando estão chorando e tristes querem carinho, colo, dengo, afeto...
As pessoas quando precisam desligar a televisão e tem outros assistindo, costumam perguntar se podem desligar...
As pessoas costumam respeitar uns aos outros...

Se o seu filho(a) é a pessoa que você mais ama, por que não tratá-lo com o mesmo respeito que você trata as pessoas com quem convive fora do seu ambiente familiar?

Senhores pais, cuidado... DESRESPEITO não é natural. DESRESPEITO GERA DESRESPEITO e muitas vezes culpa.

 

*Euller Sacramento é psicoterapeuta e ajuda pais e filhos a se (re)conectarem emocionalmente.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE