Cuiabá, 13 de Dezembro de 2017

OBITUÁRIO

Sábado, 12 de Agosto de 2017, 12h:08 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Morre Carlos Araújo, ex-marido de Dilma e ex-deputado

Opinião e Notícia

(Foto: Reprodução)

Dilma-marido morre Carlos-Franklin-Paixão-Araújo.jpg

 

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre confirmou na madrugada deste sábado, 12, a morte do ex-deputado e ex-marido de Dilma Rousseff, Carlos Franklin Paixão Araújo. Ele morreu aos 79, anos, vítima de uma infecção generalizada.

 

Araújo foi um dos fundadores do PDT, partido no qual foi ligado a Leonel Brizola e pelo qual se elegeu deputado estadual por três vezes. Nos anos 1950, se juntou a Juventude Comunista, e durante o regime militar ajudou a formar uma organização que atuou contra o regime. Foi quando conheceu Dilma Rousseff, com quem foi casado por mais de 20 anos.

 

Os dois se conheceram em 1969, se casaram, foram presos juntos, e voltaram para Porto Alegre no começo dos anos 1970. Em 1976, nasceu a única filha do casal, Ana Paula, que lhes deu dois netos, Guilherme e Gabriel. No período em que foi presidente, Dilma sempre visitava Carlos Araújo em sua casa, na zona sul de Porto Alegre, onde também encontrava com a filha e com os netos.

 

Araújo estava internado desde o dia 25 de julho, por problemas pulmonares crônicos e uma infecção das vias aéreas, na unidade de terapia intensiva do Pavilhão Pereira Filho, uma das unidades da Santa Casa especializada em tratamentos respiratórios.

 

“Aos 79 anos, era portador de doença pulmonar obstrutiva crônica, complicada por quadro de miocardiopatia dilatada isquêmica”, informou o médico Sadi Marcelo Schio, por meio de nota. Ainda de acordo com o médico e a Santa Casa, o quadro do ex-deputado se agravou e ele precisou passar a necessitar de aparelhos para respiração. “Evoluiu com infecção generalizada, determinando colapso circulatório e, finalmente, refratariedade às medidas, com óbito”, conclui a nota.

 

A bancada do PT na Câmara dos Deputados divulgou nota de pesar pelo falecimento do ex-deputado. “A combatividade de Carlos Araújo e a defesa de ideais para a construção de um Brasil desenvolvido, justo, solidário e democrático ficam como exemplo para todos”, diz a nota.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

MATÉRIAS RELACIONADAS


Edição Atual

Ed. Novembro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br