Cuiabá, 21 de Agosto de 2019

VARIEDADES
Terça-feira, 23 de Julho de 2019, 15h:18

AOS 78 ANOS

Morre o comentarista esportivo Juarez Soares

Quem News

(Foto: Memórias Globo)

O jornalista Juarez Soares morreu nesta terça-feira (23), aos 78 anos. O comentarista esportivo tinha câncer e estava se submetendo a sessões de quimioterapia. A assessoria de imprensa da Rede TV! confirmou a morte do jornalista para a QUEM. Segundo o G1, ele morreu de infarto.

Soares trabalhou na TV Globo, como repórter e comentarista esportivo, entre 1974 e 1982. Nascido em 16 de julho de 1941, o paulista também atuou na Rádio Globo e em outras emissoras de rádio e televisão do país.

Juarez Soares Moreira nasceu em São José dos Campos, na região do Vale do Paraíba, Estado de São Paulo, no dia 16 de julho de 1941. O comentarista cursou Pedagogia na Faculdade Oswaldo Cruz, de São Paulo. Ele era casado há mais de 30 anos com a jornalista Helena de Grammont, com quem teve Ana Júlia.


Em 1958, com 17 anos, começou a trabalhar na Rádio Cultura de Lorena, interior de São Paulo. Em 1969, Soares foi para a Rádio Globo, depois de trabalhar nas rádios Tupi e Gazeta. Ainda na Globo, participou da estreia do Bom Dia São Paulo, em 1977, onde permaneceu por quase três anos como comentarista esportivo. Soares saiu da Globo após a Copa do Mundo de 1982.

Vida política


Juarez Soares também teve uma participação política destacada em São Paulo. Além de ter sido segundo-secretário do Sindicato dos Jornalistas durante a presidência de Gabriel Romeiro, também foi secretário de Esportes de São Paulo durante a gestão da prefeita Luiza Erundina e vereador de São Paulo. Em 2004, chegou a ser candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa de Paulo Pereira da Silva.

Em 2001, foi convidado por Milton Neves para participar do programa Debate Bola da TV Record. Em seguida, virou comentarista e chefe de equipe da Rádio Record, ocupando as duas funções até 2011. Desde então, trabalhou como comentarista da Rádio Transamérica, participando dos programas Debate Bola e Papo de Craque, além do programa Estação Futebol, no canal de TV Net Cidade, junto com Dalmo Pessoa e Edmilson Moreira.

Anos 1990


Em seguida, Juarez teve uma breve passagem pela Rádio Record e depois se transferiu para a TV Bandeirantes, onde trabalhou por 11 anos ao lado de Luciano do Valle, principalmente no programa Show do Esporte. Na TV Bandeirantes, Juarez chegaria a ser o diretor de Esportes, participando ainda da cobertura de três Copas do Mundo – 1986, no México, 1990, na Itália, e 1994, nos Estados Unidos – como comentarista e como responsável pela cobertura jornalística da Seleção Brasileira.

Em 1994, Juarez Soares passou a trabalhar no SBT, onde ficou até o ano de 2000. Na televisão, teve passagens ainda pela TV Record, no programa Debate Bola, e pela TV Cultura, no programa Cartão Verde.

Apesar de ter trabalhado ao longo de sua carreira principalmente no rádio e na televisão, Juarez Soares também atuou como jornalista em outros veículos de mídia, como nos jornais Folha da Manhã e Mundo Esportivo e no site de esportes do portal Terra.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE