Cuiabá, 21 de Outubro de 2019

VARIEDADES
Segunda-feira, 02 de Setembro de 2019, 17h:06

SETEMBRO AMARELO

Felipe Neto critica declarações polêmicas de Carlinhos Maia sobre suicídio

Quem News

(Foto:Reprodução/Instagram)

Felipe Neto usou seus stories para falar sobre Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, e a importância de se informar sobre depressão.

Após declarações de Carlinhos Maiasobre o assunto, Felipe disse que "neste momento do mundo, não existe nada mais importante, principalmente para quem lida com jovens, do que se informar sobre depressão e tudo que envolve essa doença".

Embora não cite o nome de Carlinhos, Felipe mandou recado para aqueles que foram atingidos pelas declarações do humorista.

"Está começando agora o Setembro Amarelo, que é justamente o período em que a gente tenta levantar, todos os anos, a conscientização a respeito da depressão, que é o mal do século no planeta inteiro", declarou o influenciador. "Se você ouviu algum influenciador ou alguma pessoa, qualquer que seja, falando que se você tem 16 anos e está sentindo vontade de se matar você tem mais é que se matar mesmo, ignore isso."

"A sua dor é legítima, seu sofrimento é real e ninguém pode dizer que não é. O que você precisa é buscar maneiras para conseguir melhorar, porque você tem uma doença. Não é frescura", explicou.

Além dos vídeos nos stories, ele também postou uma imagem de um artigo do Código Penal, comentando que incitar alguém ao suicídio é crime. Em seu feed, o vlogger fez uma publicação em que fala sobre a campanha de Setembro Amarelo e a importância de debater o assunto, principalmente com jovens.

"Atualmente, o suicídio já é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. Segunda! Por isso é TÃO importante falar sobre o assunto, alertar para os sintomas e explicar que há solução. Jamais acredite que a depressão ou qualquer pensamento suicida é sua culpa", declarou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE