Cuiabá, 23 de Janeiro de 2019

TECNOLOGIA
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2018, 10h:09

INTERNET

MPF pressiona Google para retirar vídeos de desafios perigosos do ar

O objetivo é que vídeos que estimulam a realização de desafios fiquem o menor tempo possível disponíveis no YouTube

Notícias ao Minuto

 

A internet se tornou uma das principais 'brincadeiras' de crianças e adolescetes, mas a verdade é que muitas dessa 'brincadeiras' e desafios representam riscos à saúde e, em alguns casos, podem até matar. Uma determinação do Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro tenta fazer com que vídeos com conteúdos impróprios sejam retirados rapidamente do ar.

A Procuradoria fluminense instaurou um procedimento administrativo para cobrar da Google um controle mais efetivo dos vídeos indexados nas buscas e postados no YouTube, site controlado pela gigante da internet. Em entrevista ao Correio Braziliense, Ana Padilha, procuradora regional dos Direitos do Cidadão no MPF-RJ e responsável pela iniciativa, explica que a empresa será chamada para explicar por que, depois de serem postados, vídeos perigosos ficam tanto tempo disponíveis na rede.

Ana Padilha explicou ainda que, no primeiro momento, o Ministério Público elaborou uma notícia de fato, que consiste em um convite à empresa para debater o tema com a Procuradoria. A Google deve ser notificada nos próximos dias. Desse encontro pode resultar algum acordo ou, caso o MP sinta que haja necessidade, a instauração de um inquérito civil, que, por sua vez, pode gerar uma denúncia.

"Como o controle sobre esses vídeos é posterior (a plataforma não pode impedir a publicação), a conversa é sobre que medidas podem ser adotadas para que eles fiquem o mínimo de tempo possível no ar", explica a procuradora regional.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


.LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO



VÍDEO PUBLICIDADE