Cuiabá, 21 de Agosto de 2018

MENTE SAUDÁVEL

Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 10h:28 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Fonte da ansiedade é revelada. E possível novo tratamento também

Cientistas conseguiram usar um tipo de luz para controlar os sintomas de angústia

Por Giovana Feix

 

ansiedade tratamento ciência estudo cérebro transtorno psíquico

Uma boa notícia para o Brasil, país mais ansioso do mundo (Ilustração: Ale Kalko/SAÚDE é Vital)

 

Há boas notícias para os quase 10% da população brasileira que sofrem com a ansiedade: cientistas americanos acabam de fazer uma descoberta essencial para possibilitar a invenção de novos (e bem eficazes) tratamentos para esse transtorno psíquico. Eles encontraram, em animais, o lugar exato do cérebro em que esse problema tem início.

Pesquisadores das universidades da Califórnia e Columbia analisaram a atividade cerebral de ratos enquanto percorriam um circuito criado especialmente para a experiência. Nesse trajeto, alguns caminhos levavam a espaços abertos ou plataformas mais elevadas de propósito, já que esses ambientes são conhecidos por gerar ansiedade nos animais – ora, situações assim aumentam a vulnerabilidade a predadores. Quando os roedores chegavam a esses locais, os cientistas podiam observar uma atividade mais intensa em um tipo específico de neurônio, situado no hipocampo. Seria a “célula da ansiedade”.

Mas como reverter o quadro? Pois os estudiosos investigaram isso também. Eles perceberam que dava para controlar a atividade desses neurônios com o uso de um estímulo luminoso na região. A tecnologia usada para isso vem de uma área da ciência chamada de optogenética, e alia luz, genética e bioengenharia para atuar em células específicas.

O melhor de tudo: devido à relativa semelhança entre o nosso cérebro e o dos ratos, a hipótese dos cientistas é de que a dinâmica observada neles esteja presente também em nós. Isso abriria alas para pesquisas inéditas sobre a influência dessa mesma cutucada luminosa em nossa mente e, portanto, contribuiria para a criação de novos tratamentos para ansiedade.

A notícia é especialmente bem-vinda em um lugar como o Brasil que, segundo dados divulgados no ano passado pela Organização Mundial da Saúde, é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade do mundo inteiro.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

MATÉRIAS RELACIONADAS


Edição Atual

Ed. julho 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br