Cuiabá, 21 de Agosto de 2018

VERÃO

Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018, 18h:37 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Cuidados com a pele devem ser redobrados no verão

Conheça a nova tecnologia utilizada para o tratamento do melasma e já disponível em Cuiabá, na Clínica Frémissant – Spectra Laser Toning

Da Redação

cuidado-com-a-pele.jpg

 

O verão vem chegando e os cuidados com a pele devem ser redobrados nesta época do ano. De acordo com a diretora médica da Clínica Frémissant, Karin Krause Boneti, neste período registram-se temperaturas elevadas, associadas ao aumento dos raios ultravioleta (UV), tornando-se fatores de risco importantes para o surgimento e/ou agravamento das terríveis manchas extensas de coloração amarronzada que acometem principalmente a região centro-facial, conhecidas como melasma.

 

 

Karin explica que seu surgimento está relacionado a distúrbios hormonais, podendo surgir na gestação (Cloasma gravídico) ou com o uso de anticoncepcionais orais. “Mas a exposição ao sol certamente representa o fator de risco mais importante para a piora do quadro”, diz.

“As temperaturas elevadas, associadas ao aumento dos raios ultravioleta (UV), tornam-se fatores de risco importantes para o surgimento e/ou agravamento das terríveis manchas extensas de coloração amarronzada que acometem principalmente a região centro-facial, conhecidas como melasma”, diz a dermatologista Karin Krause

 

A dermatologista enfatiza ainda que essas manchas, além de terem a característica de serem resistentes, muitas vezes podem se comportar de forma imprevisível quando combatidas com energia luminosa, podendo, por vezes, ao invés de clarear, ficar ainda mais intensas. “Por conta dessas características, o melasma é um dos maiores desafios aos dermatologistas”, confirma.

Recentemente chegou ao mercado uma nova tecnologia e que já se encontra disponível aqui em Cuiabá, na Clínica Frémissant, o Spectra Laser Toning. Ele elimina o melasma, clareia as olheiras pigmentares e também as tatuagens.

Karin conta que o aparelho emite pulsos de luz ultrarrápidos e sua energia é absorvida pelos melanócitos, células que produzem o pigmento escuro, a melanina. “Isso faz com que a produção e a distribuição desse pigmento fiquem mais controladas. O processo vai ocorrendo progressivamente, conforme as sessões (dez ao todo) se sucedem. A melhora pode chegar a 100%”, afirma.

A dermatologista frisa que Spectra não causa dor e pode ser utilizado em qualquer época do ano, inclusive no verão. Isso acontece porque emite o laser de uma forma diferente. Karin diz que a energia é mais baixa, porém uniforme, o que evita a formação de novas manchas escuras, e não provoca inchaço nem irritação. No entanto, o ideal é que a pessoa não tenha se bronzeado recentemente, pois isso reduz a eficiência do laser, que não consegue focar só o melasma. O indicado é agendá-lo nos períodos em que a pele apresente sua cor natural.

Durante a aplicação, a paciente pode sentir um leve formigamento. A pele fica ligeiramente avermelhada, mas esse efeito colateral desaparece rapidamente. Ao longo do período de tratamento, recomenda-se apenas que o uso de cosméticos anti-age seja suspenso. “O ideal é passar filtro solar e no máximo um hidratante. Ativos clareadores atenuam a quantidade de pigmentos na pele e, com isso, a resposta ao laser diminui”.

Karin ressalta ainda que enquanto uniformiza o tom o aparelho oferece outros benefícios. Sua energia estimula a produção de colágeno, o que traz firmeza e suaviza linhas finas. Esse efeito surge gradativamente; ao final das sessões, a textura melhora em até 30%.

O Spectra pode ser utilizado também no clareamento de tatuagens. Nesse caso, trabalha-se com o laser em uma frequência mais intensa. Não dói, mas podem surgir crostas superficiais, que caem em poucos dias. O principal diferencial do equipamento é o fato de ele não deixar cicatrizes no lugar da tatuagem.

WhatsApp Image 2017-12-21 at 08.35.13.jpeg

 

Os efeitos antimanchas começam a aparecer a partir da quarta aplicação. Mas, apesar de as marcas serem eliminadas com tanta eficiência, isso não significa que elas nunca mais irão voltar.

Além disso, o sol tem um papel importante no final da história. “Não adianta cuidar do rosto e depois não se proteger contra os raios solares. Passar filtro com FPS alto e evitar se expor nos horários de pico são medidas essenciais”, afirma Karin Krause.

 

Karin Krause.jpg

 “Não adianta cuidar do rosto e depois não se proteger contra os raios solares. Passar filtro com FPS alto e evitar se expor nos horários de pico são medidas essenciais”, afirma Karin Krause.

 

 

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. julho 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br