Cuiabá, 23 de Setembro de 2018

MD CODES

Sexta-feira, 04 de Maio de 2018, 13h:31 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Cirurgia sem corte, MD Codes traz harmonização ao rosto, diz Elson Adorno

O procedimento dura em média 40 minutos e é feito em consultório; a duração dos resultados pode chegar a dois anos

Aline Almeida

elson

 

Todo mundo sonha em ter menos rugas, corrigir alguns pontos da face ou aquela tão sonhada afinada. Mas são poucos os que tem coragem de enfrentar uma mesa de cirurgia. O cirurgião plástico Elson Adorno confirma que é possível um face lifting sem precisar enfrentar o processo cirúrgico.  Conhecido como  MD Codes, o novo procedimento é rápido, feito em consultório e durabilidade pode chegar a dois anos. O método traz harmonização, firmeza e rejuvenescimento.

 

O método, criado por um médico cirurgião plástico, para postergar ou substituir a cirurgia dependendo do nível de flacidez de cada paciente. Traduzido como Códigos Médicos da face , a técnica vem sendo aperfeiçoada por Maurício de Maio, cirurgião plástico responsável pela promessa de rejuvenescimento sem cortes.  Elson Adorno explica que o procedimento utiliza produto ácido hialurônico com uma técnica diferente.

 

“Faz a codificação de acordo com uma avaliação individualizadas de cada paciente. Existem vários tipos de paciente e cada paciente dentro da sua individualidade de pontos na face. O estilo de vida também é avaliado, prática de  atividade física,  alimentação saudável , ausência de tabagismo dentre outros. Provavelmente estes pacientes com boas práticas de atividades físicas precisam de menos pontos e tem uma duração maior do produto”, destaca.

 

Adorno afirma que é feito a avaliação com mapeamento e programação da necessidade de produtos no paciente. Cada seringa tem 1 ml e a média do procedimento é de oito a quinze seringas. “Quando trato o local específico em si não se melhora a flacidez do cliente, só a depressão. Preciso sustentar toda a pele que está caída em alguns outros pontos para quando fazer o refinamento da região caída tenha um resultado melhor. Os pontos da face já estão mapeados, mas é feita a avaliação para saber qual ponto e a quantidade do produto que o paciente necessita”.

 

O cirurgião frisa que as vezes o paciente assusta com a quantidade de seringa porque está acostumado com preenchimento, por exemplo duas seringas no bigode Chinês . “A maioria das pessoas se preocupam em ficar com o rosto quadrado ou redondo. Mas a diferença está na técnica que se utiliza, se utiliza o preenchimento com pontos inadequados, provavelmente o rosto ficará redondo, mas o MD Codes  traz um resultado mais harmônico”.

 

A diferença entre a cirurgia é que o procedimento é feito no próprio consultório. Adorno explica que dependendo da quantidade de seringa que se utiliza tem orientações pré e pós procedimentos diferentes. No MD Codes o próprio produto possui anestésico.

 

O cirurgião cita que quando termina o procedimento há um inchaço no rosto. É orientado o uso de compressas geladas e em torno de 48 a 72 horas o paciente já está sem o inchaço maior. “Mas o resultado do produto vem num período de 21 a 30 dias. A duração do produto pode ser de um ano e meio a dois anos.  Isso é o que a gente chama de face lifting não cirúrgico, conseguimos fazer uma sustentação  sem a cirurgia”.



Quanto a idade para começar o procedimento, Adorno diz que não há um limite específico. “Com estresse do dia a dia, noites mal dormidas, hábitos não saudáveis, os clientes acabam tendo um desgaste maior da pele surgindo o envelhecimento facial precoce.Por isso não há uma idade específica para o procedimento. É a avaliação da pele de cada  paciente”.


Adorno confirma que a vantagem  relação a cirurgia ,é que o paciente não tem que se ausentar do trabalho por 30 dias. O  MD Codes é um procedimento ambulatorial , tempo estimado de 40 minutos,  o paciente é liberado para sua  casa no mesmo dia. A recuperação é imediata, alguns paciente que faz o procedimento já podem trabalhar no outro dia. “O que nós recomendamos é não fazer exercícios pesados. Se o cliente faz esforços no trabalho, o recomendado é de três a cinco dias para recuperação”.

 

No pós procedimento o cirurgião diz que os roxos ficam bem pequenos como o de um botox, vai depender de cada paciente. “Fazemos um face lifting sem passar pelos obstáculos da cirurgia plástica.  O produto estimula também o colágeno e faz o rejuvenescimento contínuo da pele” . Adorno diz que  o cuidado e a prevenção com a pele são importantíssimos. Se os clientes  estão sempre cuidando preventivamente com procedimentos na pele retardamos o envelhecer facial.

 

Quando chegam numa idade por volta de 50, 60 anos, provavelmente não terá indicação cirúrgica . “Prevenir para evitar o envelhecimento é o mais importante não só pela auto-estima da paciente mas no seu trabalho no dia a dia.” Adorno recomenda que faça este procedimento somente com especialista (Cirurgiões Plásticos e Dermatologistas) inscritos na Sociedade Brasileira de cada especialidade!

elson

Dr. Elson Adorno.




*Elson Adorno é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e em Cirurgia Plástica pelo MEC, preceptor do Programa de Residência Médica De Cirurgia Plástica do Hospital de Base de Rondônia, docente do curso de medicina do UNIVAG, diretor e coordenador do curso Advanced Trauma Life Support-ATLS, Núcleo Campo Grande/Cuiabá; instrutor do curso Pré Hospital Trauma Life Support, Núcleo Campo Grande; instrutor do curso Disaster Management and Emergency Preparedness Course- DMEP, Núcleo USP/HC-São Paulo e Instrutor do Curso Nacional de Normatização de Atendimento ao Queimado-CNNAQ.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br