Cuiabá, 25 de Setembro de 2018

MINAS E ENERGIA E TRANSPORTES

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018, 09h:41 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Wellington descarta ministério, Garcia resolve esta semana

Da Redação

(Foto: Reprodução/Web)

Senador wellington fagundes 3.jpg

 

Dentre as informações mais discutidas nos veículos de comunicação de Mato Grosso, no último final de semana, esteve as articulações do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que teria indicado seu mais novo afilhado, o parlamentar recém-democrata, Fábio Garcia para o Ministério de Minas e Energia.

 

Obviamente que Garcia ao optar pelo ministério teria que abrir mão de sua reeleição à Câmara, por 10 meses à frente de um dos ministérios mais fortes no governo de Temer.

 

Outro mato-grossense que teve o nome cotado foi do senador republicano, Wellington Fagundes, mas para o Ministério dos Transportes.

 

Se o deputado federal Fábio Garcia decide esta semana qual a posição que deverá tomar diante do convite, o senador Wellington Fagundes, no entanto, já bateu o martelo. Optando, de acordo com um assessor mais próximo dele, em disputar o Governo de Mato Grosso, nas eleições de outubro deste ano. 

 

Se as articulações para Garcia ficaram sob a encomenda do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia - para Minas e Energia -, a de Wellington veio do próprio presidente da República, o emedebista Michel Temer (PMDB), para que assumisse pelos próximos 10 meses, o Ministério dos Transportes. Como o republicano ainda tem mais quatro de Senatória, o convite à princípio, pode ter sido uma tentação!

 

Mas sob a justificativa de que possui chances de derrotar Pedro Taques (PSDB), que disputa a reeleição, Fagundes optou em atender ao pedido de sua base aliada no Estado e de prefeitos que estão descontentes com a administração Pedro Taques. “Ele tem mantido contato com prefeitos, vereadores e aliados em todo o Estado e por onde passa recebe pedidos para disputar o Governo. Vai atender a estes pedidos”, disse o assessor.

 

Wellington Fagundes já teria começado contatos com lideranças políticas de outros partidos no estado, ligados à oposição e já teria o aval do MDB, PTB e está em vias de um acordo com o PP e DEM, o que viabilizaria sua candidatura em excelentes condições de vitória, até no primeiro turno.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br