Cuiabá, 20 de Fevereiro de 2019

RADAR NEWS
Quarta-feira, 19 de Julho de 2017, 11h:47

DEU NO ESTADÃO

Parlamentares que votam perdão de dívida no Refis devem 'meio bilhão'; três são de MT

Da Redação

(Foto: Montagem/Ilustração)

deputados bezerra e garcia.jpg

 

Levantamento realizado pelo Estadão - Jornal O Estado de São Paulo - revela que deputados e senadores, que devem à União pelo menos R$ 532,9 milhões, serão os responsáveis por aprovar o texto do novo Refis - programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas. 

 

Nesta nova versão, a proposta que circula no Congresso pretende perdoar 73% da dívida a ser negociada. A primeira enviada pelo governo, em janeiro, tinha uma expectativa de arrecadar R$ 13,3 bilhões este ano, mas a medida foi alterada pelos parlamentares, derrubando a arrecadação para R$ 420 milhões.

 

Na lista de devedores e votantes estãos os parlamentares de Mato Grosso, Fábio Garcia (PSB), Carlos Bezerra (PMDB) e Ezequiel Fonseca (PP). 

 

Os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), responsável pela gestão da dívida ativa, foram obtidos pelo Estadão/Broadcast por meio da Lei de Acesso à Informação.

 

O valor inclui dívidas inscritas nos CPFs dos parlamentares, débitos nos quais eles são corresponsáveis ou fiadores e o endividamento de empresas das quais são sócios ou diretores.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE