Cuiabá, 21 de Novembro de 2017

EM JACIARA

Quinta-feira, 09 de Novembro de 2017, 18h:45 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Max Russi é absolvido de fraude em licitação por falta de provas

Da Redação

(Foto: Gcom-MT)

secretário Max-Russi-1.jpg

 

Durante sessão na tarde desta quinta-feira (09), o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado (TJ) absolveu o secretário-chefe da Casa Civil do Estado, Max Russi, que respondia uma denúncia de fraude em processo licitatório.

 

A denúncia foi realizada, em 2005, pelo Ministério Público do Estado (MPE). E, conforme a acusação, na época em que era prefeito de Jaciara (a 148 Km de Cuiabá), Russi teria fraudado um processo licitatório junto com os servidores públicos municipais Alicio Prates Filho, Canuto do Nascimento e Jesus Cabral Galindo.

 

A denúncia apontou que o processo de licitação teria informado que a contratação seria para um serviço de apoio administrativo, quando na verdade, seria para a contratação de serviços de publicidade. Visando um possível favorecimento para empresa Viva Publicidade Ltda.

 

 

No entanto, o desembargador Pedro Sakamoto, relator do processo, julgou que as provas não eram suficientes para configurar um fraude, e absolveu o secretário.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br