Cuiabá, 11 de Dezembro de 2018

PGE NÃO DÁ FOLGA

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018, 10h:57 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Governo executa dívida de R$ 56,5 milhões contra concessionária de energia em MT

Da Redação

(Foto: Reprodução)

energia1.jpg

 

O governo de Mato Grosso executou uma dívida de R$ 56.510.246,74 milhões da empresa concessionária do serviço de distribuição de energia elétrica no Estado. Nesta execução foi pedida a penhora de mão própria pelo Grupo de Inteligência e Recuperação Fiscal da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

 

Mesmo sendo devedora do Estado, a empresa cobra mensalmente as contas de energia elétrica do governo. Com a decisão da juíza da Vara Especializada de Execução Fiscal, Adair Julieta da Silva, o Estado pode depositar em juízo o valor que paga mensalmente de consumo de luz, cerca de R$ 8 milhões, até completar os R$ 56 milhões.

 

Conforme o coordenador do Grupo de Inteligência e Recuperação Fiscal, Luiz Alexandre Combat, há duas vantagens nesta penhora de mão própria. A primeira é que o dinheiro é mais fácil levantar do que o seguro-garantia, cobertura utilizada pela empresa que acabou vencendo em 2017.

 

A outra vantagem é que a Lei Complementar n° 151 permite o levantamento de 70% do valor depositado em juízo, o que gera uma economia estimada de R$ 5.6 milhões para o fluxo de caixa mensal e R$ 40 milhões ao todo.

 

O procurador explicou que existe jurisprudência pacífica do Superior Tribunal de Justiça (STJ) “que considera que o crédito objeto de penhora de mão própria terá como resultado final sua compensação automática com o débito em execução, de forma que a penhora de mão própria equivale ao dinheiro na ordem preferencial de penhoras, ou seja, está no topo da lista". 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Nov 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br