Cuiabá, 16 de Outubro de 2018

ELEIÇÕES 2018

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018, 15h:14 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Estado deve mais de R$ 42 milhões à Unemat e salários já começam a atrasar

Da Redação

(Foto: Assessoria)

Janaina-Unemat.jpg

 

Em uma reunião com o corpo com técnicos, reitoria, professores e alunos da Universidade Estadual de Mato Grosso, realizada no início desta semana, em Cáceres, a deputada estadual Janaina Riva (MDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa e candidata à reeleição, falou sobre a valorização da instituição, infraestrutura e como a Unemat precisa ser melhor utilizada pelo governo do estado já que é o berço de pesquisas.

 

Segundo a reitora, Ana Maria Di Renzo, somente relativo a 2018, o governo do Estado deve mais R$ 42 milhões referentes à repasses atrasados à instituição.

 

“Por causa de R$ 500 mil que nos falta de contrapartida, estamos com R$ 12 milhões em obras de infraestrutura de convênios externos paralisadas. Além disso, os salários de prestadores de serviço como o pessoal da limpeza, por exemplo, já estão atrasados há dois meses, as bolsas aos alunos de baixa renda também não são pagas há tempos. A autonomia financeira que conquistamos em 2013 com a vinculação à receita corrente líquida, seria a nossa redenção em termos de ampliação de infraestrutura, custeio e manutenção da estrutura da Unemat, porém, se o Estado não cumpre a sua parte ficamos de mãos atadas”, explica.

 

Janaina diz que não vê outra saída para o Estado ao não ser investir em educação. A ideia é depois das eleições fazer uma grande audiência pública em Cuiabá com deputados, alunos, professores e o novo governador eleito para unir esforços em torno da Unemat e juntos encontrarem uma solução para regularizar os repasses atrasados e com isso fazer com a instituição volte a crescer.

 

“Dia desses vi o governador falando em um dos seus discursos que Mato Grosso não precisa mais de doutores, pois bem, eu penso exatamente o contrário. Precisamos sim de mais acesso às universidades e de mais professores qualificados, doutores que forneçam mão de obra qualificada para o Estado. Defendo a autonomia financeira da Unemat  e vou lutar pela regularização desses repasses”, finalizou.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Setembro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br