Cuiabá, 27 de Maio de 2019

POLÍTICA
Quarta-feira, 13 de Março de 2019, 11h:57

SENADORA ALEGA EXTORSÃO

Wilson Santos nega ter sido porta-voz de publicitário contra Selma Arruda

Euziany Teodoro
Única News

Única News

O deputado Wilson Santos (PSDB) foi chamado a depor, como testemunha, nesta terça-feira (12), sobre a suposta extorsão sofrida pela senadora Selma Arruda (PSL), por parte de Junior Brasa, da Gráfica Genius, nas eleições de 2018. O jornalista Kleber Lima também foi ouvido.

Em entrevista ao site Única News nesta quarta (13), Wilson Santos disse que nunca foi porta-voz do publicitário, mesmo que também tenha contratado a empresa para sua campanha à Assembleia Legislativa.

“Nunca recebemos por parte do empresário Júnior Brasa nenhum encaminhamento à senadora. Votei e trabalhei por ela. Usei o nome dela em todo meu material de campanha até o final. Foi uma surpresa essa posição dela. Respeito que ela use essa argumentação em sua defesa, mas não vai encontrar guarida, porque não fui porta-voz em nenhum momento entre o empresário e ela”, disse o parlamentar.

Segundo ele, Brasa é seu amigo, mas nunca lhe pediu qualquer favor em relação à senadora. “Não tenho nada a ver com isso. A única coisa que tenho a ver é fui eleitor dela e que ajudei ela a se eleger senadora. Junior brasa é meu amigo. Fez minha campanha em 2016 à Prefeitura de Cuiabá. Fez a de 2018. Daí a fazer proposta e tentar extorquir alguém, tenho 40 anos de vida pública e nunca fiz isso”.

A suposta extorsão foi denunciada por Selma Arruda após investigações da Procuradoria Regional Eleitoral apontarem que, enquanto ainda era pré-candidata, ela fez despesas de cunho eleitoral de R$ 1,2 milhão, que foram quitados com recursos de origem desconhecida.

Selma Arruda é acusada de prática de Caixa 2 e abuso de poder econômico nas eleições de 2018, que a elegeram senadora. Como defesa, Selma afirma que sofreu três tentativas de extorsão para que as suas contas fossem aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE