Cuiabá, 17 de Julho de 2018

"PEÇO QUE REZEM"

Segunda-feira, 16 de Abril de 2018, 16h:03 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Taques lamenta críticas e "ódio gratuito" da oposição e de ex-aliados

Wellyngton Souza

(Foto: Reprodução)

pedro taques.jpg

 

O governador Pedro Taques (PSDB) lamentou na manhã desta segunda (16), durante o lançamento da 13ª edição da Caravana da Transformação, em Cuiabá, as críticas e o ódio gratuito vindas da oposição e de ex-aliados antes do início do mandato como chefe do estado. O governador ainda sugeriu para que todos lessem o Salmo 91.

 

“Eu analiso as críticas como quem não tem ódio no coração. Analiso como aquele que todo dia de manhã, lê o Salmo 91. A estas pessoas com ódio e com rancor, eu peço que rezem um pouco”, disse o gestor. 

 

O governador disse estar de consciência tranquila com críticas sobre sua gestão que vem sofrendo nos últimos dias. O gestor estadual ressaltou que a opinião negativa de ex-aliados e os adversários não tira seu sono e não incomoda nem um pouco.

 

"Não fiz nada de errado. Tenho argumento para todos, só estou esperando a hora chegar. Cada um está magoado por uma razão e essa razão vai aparecer. Eu tenho algumas qualidades que, na política, são defeitos: eu sou leal. Não volto atrás na minha palavra", assegurou.

 

O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), que foi coordenador da campanha de Taques para o Governo, em 2014, disse na última semana que “um governo que precisa fazer uma Caravana da Transformação para levar ‘servicinho’ de saúde para a sociedade, está há seis mil anos atrasado”. O ex-prefeito ainda disparou. “Isso se faz nas aldeias africanas, onde povos são nômades e não têm endereço”, alfinetou.

 

O ex-governador Júlio Campos (DEM), afirmou em entrevista ao Jornal do Meio Dia, que a sigla está preparada para disputar as eleições em outubro deste ano, com candidaturas próprias. Entre elas, possivelmente do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes para governo e de Jayme Campos no Senado.

 

"O partido tem recebido reforço com as novas filiações, a mais recente com os deputados federais Fábio Garcia e Adilson Sachetti. Além do presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho, prefeitos e vereadores do estado. O DEM com essa força está preparado para disputar as eleições de governador e de senador com candidaturas próprias", disse.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Junho 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br